Domingo, 25 de julho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Colunistas Aécio Neves e a polêmica eleição presidencial de 2014

Compartilhe esta notícia:

Aécio Neves na campanha presidencial de 2014. (Foto: Agencia Brasil)

A próxima semana promete: o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), afirmou que irá comprovar na próxima semana que o pleito eleitoral do ano de 2014 teve indícios de fraude. Naquela eleição, depois de largar disparado em primeiro, Aécio Neves acabou perdendo a eleição para Dilma Rousseff. Foram 51,64%, equivalentes a 54.501.118 votos para Dilma,e 48,36%, total de 51.041.155 votos para Aécio. O presidente promete apresentar provas para mostrar que as urnas eletrônicas são passíveis de falhas, e com isso pretende abrir caminho para a aprovação do voto impresso para o ano que vem.

O comentário de Jair Bolsonaro:

“O Datafolha, mesmo em 2018, disse que eu não iria para o segundo turno e, se fosse, perderia para qualquer um. E aconteceu exatamente o contrário. Agora, eu só consegui ser eleito porque tive muito voto, se fosse uma votação normal, bigode a bigode como diz na gíria nossa, teria perdido as eleições. Eu vou comprovar semana que vem que Aécio Neves ganhou as eleições de 2014.”

O “saltitante” quer processar Jair Bolsonaro por “ferir sua honra”

Os três patetas da CPI do Senado não cansam de passar vergonha. Agora, o vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que o presidente Jair Bolsonaro prefere chamar de “saltitante”, ingressou no Supremo Tribunal Federal com uma queixa-crime justamente contra Jair Bolsonaro por difamação. A acusação: a divulgação de um vídeo no qual Rodrigues aparece defendendo a aprovação do uso emergencial da Covaxin, imunizante indiano contra o novo vírus. “Olha quem queria comprar a Covaxin sem licitação e sem a certificação da Anvisa”, escreveu o presidente ao divulgar o vídeo comprometedor.

Bolsas de estudo para apenados

Não é fake news: o governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), assinou mesmo um acordo com a Universidade de Santa Cruz do Sul para a oferta de cursos de graduação para que apenados do Presídio Regional de Santa Cruz do Sul cursem o ensino superior. A condição para ganhar a bolsa integral é estar condenado e cumprindo pena no presídio de Santa Cruz do Sul.

Ministro da Saúde defende retorno das aulas, futebol e economia

O ministro da Saúde, Ricardo Queiroga, voltou a defender o retorno às aulas presenciais: “nós temos que trabalhar para voltar às aulas no Brasil e, para isso, protocolos têm que ser seguidos, e temos que vacinar a população brasileira. Isso que a gente tem feito”. O ministro também é favorável ao retorno pleno da atividade econômica e do público aos jogos de futebol: “é necessário que já consigamos promover um retorno às atividades econômicas do Brasil. Temos uma capacidade de leitos disponíveis nos hospitais e vamos conviver com essa situação pandêmica até que consigamos controlá-la de uma maneira definitiva”, indicou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Nem tanto
Por favor, Sr. Presidente: não nos decepcione!!!
Deixe seu comentário
Pode te interessar