Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Polícia Após casos de coronavírus, penitenciária de Rio Grande, no Sul do Estado, é parcialmente interditada

Compartilhe esta notícia:

Doze servidores e 26 apenados testaram positivo para a Covid-19

Foto: Reprodução
Doze servidores e 26 apenados testaram positivo para a Covid-19. (Foto: Reprodução)

Penitenciária de Rio Grande, no Sul do Estado, é parcialmente interditada após casos de coronavírus.  Uma decisão judicial interditou parcialmente a Perg (Penitenciária Estadual de Rio Grande), depois que 26 apenados do regime fechado testaram positivo para a Covid-19. Os presos estão em celas isoladas, longe dos demais detentos.

Com a decisão, ficam proibidas atividades de movimentação de presos, como intimações, contatos com advogados e contatos por vídeo conferência ou por telefone com familiares. A interdição tem prazo de 14 dias e começou a valer nesta quinta-feira (30).

Os detentos infectados estão em quarentena dentro do presídio e sendo acompanhados por profissionais de saúde. Nenhum deles precisou ser hospitalizado, e a maioria encontra-se assintomático. No total, 165 presos estão em quarentena. Entre os funcionários da Perg, 12 servidores testaram positivo para a Covid-19 e estão afastados do trabalho.

A Secretaria Municipal da Saúde de Rio Grande classifica o alto número de infectados como surto. A expectativa é de que pelo menos 300 testes sejam aplicados nos próximos dias.

Mesmo com a decisão da Justiça, o presídio, que atualmente tem 900 presos, não fica proibido de receber novos detentos. O entendimento é de que proibir a chegada de novos apenados poderia repassar o problema da infecção para delegacias e outros órgãos de segurança.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Saiba o que você deve saber antes de fazer exercícios em dias frios
Defesa Civil alerta moradores ao longo do rio das Antas sobre risco de fissura em barragem no RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar