Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Cloudy

Grêmio Após sorteio, Renato e Abel Ferreira projetam confrontos da final da Copa do Brasil

Compartilhe esta notícia:

Técnicos estiveram no sorteio dos mandos de campo, nessa quinta-feira (14).

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Nessa quinta-feira (14), após o sorteio que definiu os mandos de campo da final da Copa do Brasil, os técnicos finalistas Renato Portaluppi e Abel Ferreira participaram de uma entrevista coletiva, falando sobre o duelo que definirá o campeão da competição milionária. Em clima descontraído, ambos trocaram elogios aos seus respectivos trabalhos e projetaram equilíbrio entre as duas equipes.

Abel chegou em novembro ao comando da equipe palmeirense, após um final conturbado com Vanderlei Luxemburgo. Desde então, alavancou a qualidade técnica do time e hoje disputa as finais da Copa do Brasil contra o Grêmio e as finais da Copa Libertadores, em um clássico contra o Santos.

O Renato tem um trabalho extraordinário no Grêmio e não é por acaso. Quatro, cinco anos, com Copa Libertadores, Recopa. É fruto de continuidade, acreditar no que faz, mas saber que o caminho está sendo bem feito. Parabéns pelo trabalho que vem sendo feito no Grêmio.”, disse o português.

”O Palmeiras tem grandes jogadores, não é por nada que está em duas finais. O Abel vem fazendo um trabalho maravilhoso, rapidamente. Até dei os parabéns para ele, é importante um treinador estrangeiro chegar e ter sucesso. Ele conhece bem a equipe do Grêmio, como o Grêmio conhece bem o Palmeiras.”, retribuiu Renato.

O sorteio definiu que o primeiro jogo das finais da Copa do Brasil acontecerá em Porto Alegre, na Arena, e consequentemente, o segundo, em São Paulo, no Allianz Parque. Mesmo assim, para Abel, onde o título for decidido não lhe faz diferença, somando ao fato de que ainda não há torcida nos estádios. Por outro lado, o técnico Renato Portaluppi reconheceu que preferia decidir o título em Porto Alegre, no entanto, ambos projetaram equilíbrio entre as equipes.

”O Grêmio tem chegado, mas não vamos ganhar todos os títulos, assim como o Palmeiras. Não é só o Grêmio que quer ganhar, o adversário também quer. O Grêmio vai disputar com outro grande clube, qualquer um dos times podem ganhar. Temos que respeitar os adversários.”, disse Renato.

”É verdade que estamos nas três competições, ainda bem. É duro, exige uma capacidade de superação enorme, mas prefiro estar lá disputando do que assistindo no sofá. É para isso que trabalhamos, que somos treinadores, jogadores. Mas como disse o Renato, todas as equipes querem o mesmo, mas só uma ganha. É impossível sempre ganhar no futebol. O importante é sabermos o que temos que fazer.”, completou Abel.

Grêmio e Palmeiras tem um compromisso nessa sexta-feira (15), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 21h30, no Allianz Parque. Os dois protagonizam uma prévia da final da Copa do Brasil, que segue sem data confirmada, já que depende do desempenho do Palmeiras na final da Copa Libertadores, contra o Santos.

Caso o alviverde paulista conquiste a Libertadores, terá que viajar para os Emirados Árabes, onde buscará o título do Mundial de Clubes e portanto, as datas das finais serão 28/02 e 07/03. Se não vencer a Libertadores, os confrontos serão dia 11 e 17 de fevereiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

CBF define em sorteio o mando de campo para as finais da Copa do Brasil
Dúvida na zaga, retorno de Maicon e Churín como desfalque: o provável Grêmio pra enfrentar o Palmeiras
Deixe seu comentário
Pode te interessar