Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Cloudy

Porto Alegre Quase 100 bancos do parque da Redenção, em Porto Alegre, recebem manutenção e nova pin

Compartilhe esta notícia:

A previsão é de que o trabalho seja concluído neste mês

Foto: Cristine Rochol/PMPA
Serviço deve ser concluído até o fim deste mês. (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

Cerca de 90 bancos de madeira foram retirados do Parque da Redenção, na área Central de Porto Alegre, para a realização de trabalhos de manutenção e pintura. De acordo com a SMSUrb (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), a previsão é de que o lote seja reinstalado até o final do mês nos mesmos pontos originais, próximos ao Monumento ao Expedicionário.

Em função da chuva e para agilizar a conclusão, o serviço está sendo realizado no depósito da Unidade de Conservação e Manutenção do órgão. “Retiramos os bancos porque os serviços executados no local não ficaram de acordo com os padrões técnicos exigidos pela prefeitura”, explicou o titular da pasta, Hiratan Pinheiro.

A melhoria no mobiliário faz parte das obras do contrato de manutenção de praças e parques, iniciadas em setembro do ano passado. Dentre os principais beneficiamentos já realizados na Redenção ao longo desse período estão a recuperação do passeio em pedra portuguesa e basalto regular do Monumento ao Expedicionário, substituição de 170 lixeiras metálicas e a recuperação de 375 bancos de madeira.

Com 37,5 hectares e cerca de 10 mil árvores, o parque foi doado à cidade em 1807 pelo governador Paulo José da Silva Gama, recebendo inicialmente o nome de “Potreiro da Várzea” ou “Campos da Várzea do Portão”, depois “Campos do Bom Fim”. Em 1884, por iniciativa da Câmara Municipal, passou a se chamar “Campos de Redenção”.

Em 1935, com a realização da célebre Exposição do Centenário da Revolução Farroupilha no local, o parque foi renomeado oficialmente “Parque Farroupilha”. A área é tombada como patrimônio histórico, cultural, natural e paisagístico de Porto Alegre desde 1997.

Zona Sul

Com as chuvas registradas nos últimos dias, uma árvore e parte de um muro desabaram na praça Tito Tajes, junto à avenida Wenceslau Escobar, bairro Tristeza (Zona Sul), próximo ao acesso para o bairro Sétimo Céu. Neste sábado (11), a Smim (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana) removeu todo o material já caído e o que estava solto, a fim de evitar riscos.

(Marcello Campos)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Governo do Rio de Janeiro multará quem não usar máscara
Mesmo com a disparada de casos de coronavírus na Flórida, parques da Disney são reabertos
Deixe seu comentário
Pode te interessar