Domingo, 09 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fog

Capa – Caderno 1 Bolsonaro afirma que pacote anticrime deve ser temido por “marginais”

Compartilhe esta notícia:

Bolsonaro afirmou ter feito uma "reclamação do bem" sobre o partido. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira (3), que o pacote anticrime, em tramitação no Congresso Nacional, foi elaborado “para ser temido por marginais e não pelo cidadão de bem”. Ele fez críticas a “órgãos da Justiça e do Ministério Público, que buscam transformar auto de resistência em execução”.

Ao defender o pacote, Bolsonaro afirmou ser muito comuns casos de policiais presos injustamente por apenas cumprirem suas funções. “Quantas vezes visitei o presídio da PM (Polícia Militar) em Benfica, no Rio de Janeiro, e conversei com os homens da segurança que estavam no comando, com policiais e com bombeiros presos. Conversando com eles, não mais que sentimento, tive a certeza de que, lá dentro, tinha muitos inocentes. Basicamente por excessos. Pode, de madrugada, na troca de tiro com marginal, policial dar mais de dois tiros e ser condenado por excesso? É um absurdo isso”.

O presidente disse ter a certeza de que o Congresso vai aprovar o pacote anticrime. “Não raras vezes fui ao Cemitério Jardim da Saudade acompanhar o enterro de policiais militares, militares das forças armadas e civis vitimados por criminosos. Tenho certeza de que haverá o consentimento do parlamento e a proposta será aprovada. E aquele que, porventura, no futuro, quiser praticar um crime, vai pensar muito antes de cometê-lo, porque saberá que certas regalias como saidões deixarão de existir. Saidão pode existir, mas da cela para o pátio da prisão”.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Novo procurador-geral da República, Augusto Aras, participa de 1ª sessão no STF 


Suspeito de produzir e divulgar pornografia infantil na internet é preso em Curitiba
Deixe seu comentário
Pode te interessar