Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Bolsonaro oficializa a aposentadoria do ministro do Supremo Marco Aurélio Mello

Compartilhe esta notícia:

Marco Aurélio ingressou no Supremo em 13 de junho de 1990

Foto: Nelson Jr./STF
Marco Aurélio ingressou no Supremo em 13 de junho de 1990. (Foto: Nelson Jr./STF)

O presidente Jair Bolsonaro assinou a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello, que deixará o STF (Supremo Tribunal Federal) na segunda-feira (12). A aposentadoria foi publicada na edição desta sexta-feira (09) do Diário Oficial da União.

Para a vaga de Mello, Bolsonaro já antecipou que indicará o advogado-geral da União, André Mendonça, cujo nome terá que ser aprovado pelo Senado.

Mello encaminhou, em meados de junho, ofício à presidência da Corte informando que a data da sua aposentadoria seria 12 de julho. Ele é o decano (ministro mais velho) do tribunal e completará 75 anos justamente na segunda-feira.

Marco Aurélio ingressou no Supremo em 13 de junho de 1990, indicado pelo ex-presidente da República Fernando Collor de Mello, seu primo. Ele foi o primeiro integrante da Justiça do Trabalho a atuar na Corte.

O ministro ficou conhecido pelos votos discordantes e, em muitos julgamentos, apresentou voto isolado. Também se destacou pelas frases fortes e críticas aos colegas no plenário.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Governo exonera diretor do Ministério da Saúde que participou de negociação de vacina contra o coronavírus
Presidente do Senado afirma que “mal-entendido” com as Forças Armadas está “suficientemente esclarecido”
Deixe seu comentário
Pode te interessar