Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Drizzle

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte Seleção Brasileira fecha a primeira fase da Liga das Nações de Vôlei feminino com vitória

Compartilhe esta notícia:

Com isso a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães chegou ao total de dez vitórias em 12 partidas.

Foto: FIVB/Divulgação
Com isso a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães chegou ao total de dez vitórias em 12 partidas. (Foto: FIVB/Divulgação)

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Tailândia por 3 sets a 1 (parciais de 25/18, 26/24, 23/25 e 25/23), neste sábado (2) em Sófia (Bulgária), na partida que marcou o encerramento da participação do Brasil na fase inicial da Liga das Nações. Com isso a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães chegou ao total de dez vitórias em 12 partidas, disputadas em três países diferentes em pouco mais de um mês.

Zé Roberto iniciou a partida contra a Tailândia com a levantadora Macris, as centrais Carol e Julia Kudiess, as ponteiras Gabi e Julia Bergman, a oposta Kisy e a líbero Nathinha. E logo no primeiro ponto, um susto! Carol se chocou com Julia Bergman e saiu de quadra sentindo dores no ombro direito e no pescoço. Ela foi prontamente atendida e retornou ao jogo, fazendo um ponto de bloqueio para deixar claro a todos que estava tudo bem. O Brasil dominou o primeiro set com muita tranquilidade, tendo em Nathinha uma segurança na defesa. Julia Bergman foi o destaque no ataque. Brasil 25 a 18.

A Tailândia dificultou bastante as ações do Brasil no segundo set. Marcando as principais atacantes do elenco brasileiro, a equipe que foi a grande sensação da Liga das Nações no início da competição conseguiu abrir vantagem. Medalhistas de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Carol e Gabi davam o caminho para a seleção. Quando houve o empate em 22 a 22, Zé Roberto parou o jogou. A Tailândia chegou a ter o ponto do set, mas a experiente Gabi salvou a parcial e um ótimo saque de Julia Bergman garantiu o placar de 26 a 24.

Assim como no set anterior, a Tailândia deixou o Brasil em situação de desconforto. Impôs um saque tático e acelerou o jogo pelo meio de rede, equilibrando as ações. O técnico Zé Roberto fez a primeira substituição na partida. Ele optou por uma troca simples, tirando a levantadora Macris e colocando Roberta em quadra. Kisy passou a ser mais acionada, mas a seleção passou a cometer erros bobos que comprometeram a parcial. A Tailândia abriu 21 a 19, mas Carol fez um lindo bloqueio e manteve o Brasil com chances. Gabi e Nathinha salvaram uma bola incrível, mas as tailandesas fecharam em 25 a 23.

Mantendo o saque tático e o jogo acelerado pelo meio, porém com muito mais confiança em conquistar um bom resultado, a Tailândia logo abriu vantagem. Eficiente na defesa, o rival exigiu demais do Brasil. Zé Roberto manteve a levantadora Roberta em quadra e pediu calma. Gabi foi para o saque, tirou toda a diferença e colocou dois pontos de margem no placar: 21 a 19. A seleção conseguiu administrar o marcador com um ótimo bloqueio e garantiu a vitória por 25 a 23.

Brasil de “stand by”

Agora o Brasil aguarda o fim da fase classificatória, neste domingo (3), para conhecer seu adversário nas quartas de final da competição, que será disputada entre 13 e 17 de julho em Ancara (Turquia). Pela primeira vez, a Liga das Nações terá a fase final com jogos eliminatórios. A Turquia vai receber a fase decisiva e tem como benefício a garantia da classificação.

Se no fim da terceira etapa, a Turquia estiver fora da zona de classificação, ou seja, entre as 8 melhores seleções da competição, ela vai às finais na 8ª posição. Mas caso esteja entre as 8 equipes após os jogos regulares, ela pula para a primeira posição e vira cabeça de chave, empurrando as demais seleções.

O Brasil finalizou a participação na fase regular da Liga das Nações com 10 vitórias e 2 derrotas, somando 29 pontos. Agora, ocupa a segunda posição na tabela, atrás apenas dos Estados Unidos. Se o segundo lugar se sustentar, e a Turquia for cabeça de chave, o Brasil vira o terceiro colocado e pega a China na próxima fase. Caso fique em terceiro, também com as turcas em primeiro, a seleção vai para a quarta posição e enfrenta a Itália.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

China compra cerca de 300 aviões da Airbus, em novo golpe à rival Boeing
Campanha de Lula publica foto com pessoas duplicadas em evento da Independência na Bahia
Deixe seu comentário
Pode te interessar