Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Fair

Rio Grande do Sul Brigada Militar recebe três motorhomes para policiamento na Restinga, Cruzeiro e Alvorada

Compartilhe esta notícia:

Os veículos custaram cerca de R$ 2 milhões e foram adquiridos pelo POD junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Foto: Maurício Tonetto/Ascom SJCDH
Os veículos custaram cerca de R$ 2 milhões e foram adquiridos pelo POD junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento. (Foto: Maurício Tonetto/Ascom SJCDH)

O policiamento na Região Metropolitana de Porto Alegre ganhou um importante reforço. Três motorhomes foram entregues pelo governo do Estado aos bairros Cruzeiro e Restinga, na Capital, além de Alvorada. Os veículos, que custaram cerca de R$ 2 milhões, foram adquiridos pelo POD (Programa de Oportunidades e Direitos) junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O POD é uma política pública liderada pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos que já atendeu mais de 7 mil jovens em situações de extremo risco.

Os motorhomes, equipados para atender ocorrências com agilidade, têm estrutura interna com banheiro, cozinha e sala de reuniões. Eles vão funcionar como unidades móveis e serão fundamentais no trabalho de prevenção à violência em áreas de grande vulnerabilidade social.

“É um trabalho ostensivo, cotidiano. Não queremos deixar escapar um jovem sequer para o crime. Nos locais atendidos pelo POD, notamos uma diferença significativa na batalha contra a violência. Queremos levar isso, com apoio de todo o governo, para os 18 municípios do RS Seguro”, afirma o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

A entrega das bases móveis ocorreu ao lado da Escola Municipal de Ensino Médio Emilio Meyer, no bairro Medianeira. É neste local que foi erguido o novo prédio do CJ (Centro da Juventude) Cruzeiro, que será inaugurado no primeiro semestre de 2020. Além do CJ Cruzeiro, mais quatro serão abertos no próximo ano – Restinga, Rubem Berta, Lomba do Pinheiro e Alvorada – para formar milhares de adolescentes para o mercado de trabalho e para a vida.

“Os motorhomes vão inserir cada vez mais a Brigada Militar nas comunidades e serão fundamentais para aprimorar a relação da polícia com as pessoas. Espero que a Brigada faça bom uso dos equipamentos, de maneira integrada com as comunidades”, destaca o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

De acordo com o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Rodrigo Mohr Picon, a possibilidade de deslocamento permanente dos motorhomes vai facilitar a atuação dos policiais e elevar a sensação de segurança da população.

“Temos a ideia de um atendimento mais qualificado e de um contato direto, dia a dia, com a comunidade, que é básico para fazermos um policiamento com maior eficiência”, diz o coronel.

O que é o POD?

O Programa de Oportunidades e Direitos está no quarto governo. É uma política pública pioneira no Brasil, criada para garantir empregos e qualidade de vida para jovens de regiões vulneráveis. Mais de 7 mil já foram atendidos nos bairros Cruzeiro, Restinga, Rubem Berta e Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, além de Viamão e Alvorada. Ele tem financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento e do governo do RS.

No primeiro semestre de 2020, cinco prédios novos serão inaugurados em Porto Alegre e Alvorada. É nos CJs que os jovens participam de cursos profissionalizantes, têm aulas, confraternizam e tornam-se multiplicadores de conhecimento e cidadania. A meta do POD é atender anualmente 3.600 pessoas, entre 15 e 24 anos.

Os investimentos vão além da educação e do mercado de trabalho. O POD trabalha em parceria com a Justiça e promove a reintegração social de jovens que cumprem medida socioeducativa, além de estimular a boa convivência entre a comunidade e a polícia por meio de unidades móveis de segurança e agentes preparados para esse tipo de atendimento.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Dias ensolarados e temperaturas altas antecedem feriado de Natal
Prefeito de Caxias do Sul tem mandato cassado após mais de 50 horas de sessão na Câmara de Vereadores
Deixe seu comentário
Pode te interessar