Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Campanha de multivacinação segue até sexta-feira em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Mais de 12,4 mil cadernetas de vacinação foram avaliadas na Capital.

Foto: Patrícia Coelho/Divulgação SMS/PMPA
Em mais de 30 dias, cerca de 150 mil pequenos gaúchos foram imunizados contra diversas doenças. (Foto: Patrícia Coelho/PMPA)

O prazo para atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos prossegue até sexta-feira (29). A campanha de multivacinação já possibilitou a aplicação de 9.329 vacinas em Porto Alegre para o público estipulado pelo Ministério da Saúde. Um total de 12.496 cadernetas foi avaliado em unidades de saúde desde o início da ação e uma nova parcial será divulgada no final da semana.

As vacinas da campanha estão disponíveis nas unidades de saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no horário de funcionamento de cada local. Estão disponíveis vacinas do Programa Nacional de Imunizações, de acordo com o calendário oficial e a faixa etária da criança ou adolescente.

A enfermeira Renata Capponi, chefe do Núcleo de Imunizações Zona Sul da SMS, destaca que é importante que os responsáveis pelas crianças ou adolescentes levem a caderneta de vacinação para verificação. “As vacinas serão feitas de acordo com a faixa etária e a situação do esquema vacinal”, explica. Adolescentes devem apresentar documento de identificação com foto.

Vacinas disponíveis por faixa etária:

Calendário Nacional de Vacinação de Crianças e Adolescentes

Ao nascer:
BCG – dose única – em maternidades ou unidades de saúde referenciadas
Hepatite B – uma dose

Aos 2 meses:
Pentavalente – 1ª dose
Poliomielite inativada – 1ª dose
Pneumocócica 10-valente – 1ª dose
Rotavírus – 1ª dose

Aos 3 meses:
Meningocócica C – 1ª dose

Aos 4 meses:
Pentavalente – 2ª dose
Poliomielite inativada – 2ª dose
Pneumocócica 10-valente – 2ª dose
Rotavírus – 2ª dose

Aos 5 meses:
Meningocócica C – 2ª dose

Aos 6 meses:
Pentavalente – 3ª dose
Poliomielite inativada – 3ª dose

Aos 9 meses:
Febre Amarela – 1ª dose

Aos 12 meses:
Pneumocócica 10-valente -1º reforço
Meningocócica C – 1º reforço
Tríplice viral – 1ª dose

Aos 15 meses:
DTP (tríplice bacteriana infantil) – 1º reforço
Poliomielite oral (gotinha) – 1º reforço
Hepatite A: 1 dose
Tríplice viral – 2ª dose + varicela 1ª dose

Meninas de 9 a 14 anos – meninos de 11 a 14 anos:
HPV quadrivalente – 2 doses (intervalo de seis meses entre as doses)

Entre 11 e 12 anos:
Meningocócica ACWY (quadrivalente) – dose única

Aos 4 anos:
DTP (tríplice bacteriana infantil) – 2º reforço
Poliomielite oral (gotinha) – 2º reforço
Varicela – 2ª dose
Febre amarela – reforço

A partir dos 5 anos:
Febre Amarela
Se recebeu uma dose antes dos 5 anos: dose de reforço
Se recebeu uma dose após os 5 anos: não necessita dose de reforço
Se ainda não recebeu vacina: dose única

A partir dos 7 anos:
Tríplice Viral: se não recebeu durante a infância a dose de tríplice viral + tetraviral: 2 doses com intervalo de 30 dias entre elas
Difteria e tétano adulto: iniciar ou completar 3 doses, de acordo com histórico, com intervalo de 60 dias. Reforço a cada 10 anos.
Hepatite B: Para crianças não vacinadas no primeiro ano de vida ou adolescentes e adultos não vacinados, administrar 3 doses com intervalo de um mês entre a 1ª e 2ª dose e de 6 meses entre a 1ª e 3ª dose.

Confira os locais de vacinação aqui.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Comitê de agência dos EUA recomenda autorizar vacina da Pfizer para crianças entre 5 e 11 anos
Rio de Janeiro libera uso de máscaras em lugares abertos
Deixe seu comentário
Pode te interessar