Terça-feira, 07 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Esporte Campeonato Brasileiro: fora de casa, o Grêmio goleou o Cruzeiro-MG por 4 a 1

O atacante Everton "Cebolinha" marcou duas vezes para o Tricolor. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Jogando com força total no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), o Grêmio venceu o Cruzeiro por 4 a 1 na manhã deste domingo (08), em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esse placar manteve o Tricolor gaúcho em 11º lugar na tabela, com 25 pontos.

O Mosqueteiro abriu o placar com Diego Tardelli aos 18 minutos do primeiro tempo e ampliou com Alisson aos 27, mas Fred descontou para a Raposa aos 36. Na etapa complementar, Éverton “Cebolinha” decretou a goleada aos 18 e aos 31 minutos da etapa complementar.

Apesar do resultado positivo, a partida teve um desdobramento preocupante para o clube: uma possível lesão do zagueiro Pedro Geromel, um dos pilares da defesa gremista. Ele sentiu o problema na coxa direita aos 6 minutos do segundo tempo, ao chutar a bola para a lateral e, em seguida, despencar no gramado já com a mão no músculo adutor, na parte interna da perna, próximo à virilha.

Ele foi substituido por David Braz e deixou o campo com expressão de dor e dificuldade para caminhar, amparado pelo médico e pelo massagista da equipe até o vestiário. De acordo com o clube, nesta segunda-feira o capitão tricolor passará por exames em Porto Alegre, como o de ressonância magnética, a fim de verificar o grau da contusão.

Com ou sem o dono da braçadeira, o Grêmio tem compromisso marcado para as 16h do próximo domingo, na rodada que encerrará o primeiro turno do Brasileirão. A partida, na Arena, tem como adversário o Goiás, 14º colocado (21 pontos).

Já na Copa Libertadores da América, o próximo confronto será disputado contra o Flamengo no dia 2 de outubro, em casa pelas semifinais do torneio continental, com duelo de volta três semanas depois.

Escalações

Sob o comando de Renato Portaluppi, o Grêmio colocou em campo Paulo Victor, Galhardo, Pedro Geromel (David Braz), Kannemann, Cortez, Michel (Luan), Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre, Everton e Diego Tardelli (Pepê).

Já o Cruzeiro do técnico Rogério Ceni escalou Fábio, Edilson, Léo, Cacá, Dodô, Henrique, Robinho (Sassá), Thiago Neves (Ezequiel), Marquinhos Gabriel, David (Pedro Rocha) e Fred.

Resumo

A primeira etapa foi movimentada, com as duas equipes buscando o ataque e tramando boas jogadas, mas a superioridade foi gremista. Logo aos 7 minutos, os mineiros criaram uma oportunidade com David, que recebeu um passe na esquerda, foi a linha de fundo e cruzou na medida para Fred desviar de cabeça, obrigando Paulo Victor a uma boa defesa.

Outro bom momento mineiro surgiu aos 13’, quando Thiago Neves cobrou uma falta da intermediária de ataque, mas mandou por sobre a meta gremista. Aos 17’, o Tricolor gaúcho desceu pela esquerda com Cortez, que fez uma boa jogada individual e cruzou na área – Tardelli não conseguiu a finalização e a bola sobrou para Everton, que chutou, mas carimbou a marcação.

No lance seguinte, aos 18 minutos, pela direita, Galhardo passou às costas de David e cruzou na área – Diego Tardelli apareceu e desviou de letra para o fundo das redes, abrindo o marcador.

Aos 27’, o segundo gol gremista saiu de uma grande jogada. Everton acionou Alisson, que passou pela marcação, foi a linha de fundo e chutou quase sem ângulo, conseguindo ampliar o placar. Aos 33′, a equipe mineira teve um pênalti assinalado a seu favor. Fred chutou na no canto esquerdo, Paulo Victor tocou na bola, mas ela bateu na trave e entrou.

O Mosqueteiro voltou bem na etapa complementar. Com apenas 3’, Tardelli fez grande jogada pela esquerda, passando pela marcação e cruzando na área mas a defesa mineira cortou. Aos 15′, Alisson avançou pelo meio e finalizou a gol, mas a bola bateu em Léo a arbitragem analisou no VAR, supondo que a bola pudesse ter batido na mão do zagueiro, mas foi assinalado lance normal.

Aos 18’, em um rápido contra-ataque, Matheus Henrique acionou Everton na esquerda, que recebeu e fez sua jogada característica – cortou a marcação de Cacá e chutou forte, marcando o terceiro gol gremista.

A Raposa ameaçou aos 27’, com um chute forte de Ezequiel, que obrigou Paulo Victor a espalmar para escanteio. Na cobrança, a bola foi colocada na área, Cacá desviou de cabeça, nas mãos do goleiro do Tricolor.

Aos 32’, Cebolinha recebeu no meio, passou pela marcação de Léo, escolheu o canto e chutou para o fundo das redes, deslocando Fabio e marcando o quarto gol gremista.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Mais de 200 vagas de emprego estarão disponíveis no Sine Municipal a partir de hoje
Dirigente do Grêmio reclama de critérios do VAR e clube deve oficializar protesto na CBF
Deixe seu comentário
Pode te interessar