Sábado, 15 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Polícia Casal é preso transportando quase R$ 50 mil em vinhos importados ilegalmente na BR-290, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Um dos presos com a carga já tinha passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, receptação e lesão corporal

Foto: PRF/Divulgação
Um dos presos com a carga já tinha passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, receptação e lesão corporal. (Foto: PRF/Divulgação)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu, na manhã desta segunda-feira (19), um casal que transportava quase R$ 50 mil em vinhos importados ilegalmente. A carga estava em um veículo abordado na BR-290, em Porto Alegre.

Em uma ação com a participação do serviço de inteligência da PRF, os policiais deram ordem de parada para o condutor de um veículo Vectra com placas de Paraíso/SC que transitava na Freeway. Ele reduziu a velocidade, mas seguiu rodando, recusando-se a parar por quase 5 km.

Os policiais então aproximaram-se com a viatura e interceptaram o veículo. O motorista era um homem de 22 anos, natural de Santa Catarina, com passagens por homicídio, porte ilegal de arma, receptação e lesão corporal. Ele viajava com a namorada, de 19 anos, também catarinense, sem antecedentes.

O carro estava carregado com 230 garrafas de vinhos argentinos importados ilegalmente com valor de revenda no Brasil estimado em quase R$ 50 mil. O casal disse que havia sido pago para fazer o transporte, que sabia ser ilegal, tendo pego o veículo já carregado em Santa Catarina para entregá-lo a um desconhecido próximo à arena do Grêmio.

Eles foram presos pelo crime de descaminho e conduzidos para a área judiciária. O carro e a mercadoria foram apreendidos e encaminhados para o órgão aduaneiro, e ficarão à disposição da Justiça.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

INSS orienta sobre saque irregular feito após óbito de beneficiário
Falsa bomba é amarrada em boneco com farda da Brigada Militar em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar