Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Esporte Cérebro da Seleção Brasileira de futebol, Coutinho celebra transpiração em goleada sobre o Peru na Copa América

Compartilhe esta notícia:

O futuro de Philippe Coutinho parece cada vez mais longe do Barcelona. (Foto: Reprodução)

O meia Philippe Coutinho afirmou que uma das razões da goleada da seleção brasileira sobre o Peru, por 5 a 0, foi a entrega da equipe e a dedicação em todas as jogadas. A afirmação parece curiosa, considerando-se que o jogador do Barcelona é o principal responsável pela criação de jogadas. Ele afirma que o time vinha conseguindo criar jogadas nos dois primeiros jogos, mas faltava acertar as finalizações.

“A gente conseguiu fazer os gols, o que deu confiança para o restante da partida. Desde o início, a gente estava se entregando em todas as bolas. Às vezes, a gente não joga como muitos esperam, mas estamos focados. O grupo está fechado para fazer uma grande competição”, afirmou o meia na saída da Arena Corinthians na noite de sábado (22).

Coutinho evitou fazer comparações entre a atuação de sábado e os jogos da Copa do Mundo. “Não sei se foi a melhor atuação da seleção. Nós sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, da força dos adversários e temos de melhor cada vez mais”, afirmou.

Na véspera da partida diante do Peru, o técnico Tite havia dito que era injusto concentrar as críticas sobre os problemas de criação da equipe em apenas um jogador. E declarou que estava satisfeito com a produção do meia do Barcelona nos dois primeiros jogos. “Eu quero sempre jogar bem e contribuir. Não é toda partida que vou conseguir dar o meu melhor, mas não vai faltar entrega e atitude para tentar fazer o melhor jogo. O importante foi todo mundo se dedicando ao máximo. É assim que deve ser feito”, afirmou Coutinho.

O meia também comentou a possibilidade de atuar ao lado de Neymar, que pode se transferir para o Barcelona na próxima janela de transferências. O jogador teria enviado uma mensagem ao presidente do PSG informando que não retornaria a Paris. “Neymar é um grande craque. Jogar com Neymar é um grande craque e seria uma felicidade muito grande jogar ao lado dele”, afirmou o meia.

Liverpool

O futuro de Philippe Coutinho parece cada vez mais longe do Barcelona. Depois de uma temporada decepcionante sob os comandos de Ernesto Valverde e a perda de espaço na reta final da temporada, o brasileiro pode ser negociado pelo clube catalão. E um dos interessados em sua contratação, ou repatriação, no caso, é o Liverpool, onde chamou a atenção do seu time atual.

De acordo com o portal francês Le10Sport, o Liverpool é um dos clubes interessados em “recuperar” Coutinho. Além dos Reds, aparecem o Manchester United e o Chelsea. A Inglaterra, inclusive, foi o país onde o brasileiro se reencontrou com as boas atuações depois de passagens por equipes no futebol espanhol e em solo italiano, como na Internazionale.

Fora da Terra da Rainha, a possibilidade é de que o jogador da Seleção Brasileira rume ao Paris Saint-Germain, sendo envolvido na negociação que pode levar Neymar de volta ao Barcelona. Especula-se que o clube catalão irá envolver jogadores, entre eles Coutinho, para poder repatriar o camisa 10 do clube francês e reeditar a parceria com Messi e Suárez.

Na última semana, os rumores quanto a uma possível saída de Philippe Coutinho aumentaram. Isso porque o jogador não foi colocado no banner de divulgação da turnê de pré-temporada que o Barcelona irá fazer nos Estados Unidos. A preparação, aliás, será encerrada com o tradicional Troféu Joan Gamper. O adversário da 54ª edição será o Arsenal, como anunciado na última sexta-feira (21).

Apesar do pouco destaque, Coutinho vem sendo um dos destaques da Seleção Brasileira na Copa América. Na estreia, o camisa 11 marcou dois dos três gols da vitória por 3 a 0 frente a Bolívia e foi eleito o craque da partida, assim como no empate em 0 a 0 com a Venezuela.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Um jornal espanhol disse que Neymar avisou aos jogadores do Barcelona que vai voltar
A Argentina supera o Catar, avança em segundo e encara a Venezuela nas quartas de final da Copa América
Deixe seu comentário
Pode te interessar