Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Light Rain

Rio Grande do Sul Todos os municípios gaúchos têm casos de coronavírus. As mortes no Estado somam 5.729

Compartilhe esta notícia:

O município de Garruchos, o último sem registros de coronavírus, comunicou os seus primeiros quatro casos. (Foto: Getty Images)

Foto: Getty Images
O município de Garruchos, o último sem registros de coronavírus, comunicou os seus primeiros quatro casos. (Foto: Getty Images)

Com a identificação de quatro casos de coronavírus em Garruchos, único município onde ainda não havia registrado disgnósticos positivos da covid-19, agora o Estado tem registros da doença em 100% do seu território.

O Rio Grande do Sul registrou nesta quinta-feira (29) 2.791 novos testes positivos da covid-19 e teve confirmados mais 30 óbitos, informou a SES (Secretaria Estadual da Saúde). O total de episódios é de 243.402, e o de mortes, 5.729. Os recuperados são 226.195 (93% dos casos).

Entre os falecimentos divulgados, três ocorreram entre agosto e setembro e somente agora tiveram a notificação preenchida no sistema de notificação. Os demais são de datas entre os dias 10 e 29 de outubro.

Os novos óbitos são de residentes dos municípios de:

– Campo Bom (homem, 63 anos);
– Canoas (homem, 66 anos);
– Canoas (mulher, 63 anos);
– Caxias do Sul (mulher, 69 anos);
– Dois Irmãos (mulher, 72 anos);
– Erechim (mulher, 72 anos);
– Estância Velha (homem, 52 anos);
– Estância Velha (homem, 71 anos);
– Estância Velha (mulher, 92 anos);
– Guaíba (homem, 67 anos);
– Nova Santa Rita (homem, 73 anos);
– Osório (homem, 87 anos);
– Passo Fundo (homem, 70 anos);
– Passo Fundo (homem, 91 anos);
– Pelotas (mulher, 64 anos);
– Pelotas (mulher, 68 anos);
– Portão (homem, 73 anos);
– Porto Alegre (mulher, 76 anos);
– Porto Alegre (homem, 76 anos);
– Porto Alegre (mulher, 87 anos);
– Porto Alegre (mulher, 64 anos);
– Porto Alegre (mulher, 76 anos);
– Porto Alegre (homem, 95 anos);
– Santa Bárbara do Sul (mulher, 90 anos);
– Santa Maria (homem, 74 anos);
– São Sebastião do Caí (homem, 59 anos);
– Sapucaia do Sul (mulher, 80 anos);
– Selbach (homem, 65 anos);
– Três de Maio (mulher, 69 anos);
– Tucunduva (homem, 85 anos).

A atualização teve ainda 83 casos excluídos por duplicidade ou revisão de resultado.

Permanência de leitos

Na quarta-feira (28) a secretária da Saúde do Estado, Arita Bergmann, e a secretária-adjunta da Saúde, Aglaé Regina da Silva, participaram de uma assembleia do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) onde o tema foi a habilitação de leitos de UTI covid-19 pelo Ministério da Saúde e sua permanência na rede de atendimento, como legado dos planos de contingência estaduais, foi debatida durante a reunião.

A proposta é de que o Conass formalize para o Ministério da Saúde a necessidade de prorrogação automática da habilitação dos leitos de UTI covid-19. “Devido à instabilidade do número de casos de coronavírus nesta pandemia, não temos definição da possibilidade de fechamento de leitos”, afirmou Arita, que também solicitou um apoio do Programa Todos pela Saúde para a implementação da vacinação contra a covid-19, em todo o País.

Vacinação prorrogada

Em consequência da baixa cobertura da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite no Estado, a Secretaria da Saúde decidiu prorrogar o prazo da estratégia até 21 de novembro. Nesta data, também será realizado um segundo Dia D de mobilização, um sábado em que os postos de saúde e as casas de vacina ficarão excepcionalmente abertos para estimular e facilitar às famílias o acesso à imunização contra a pólio das crianças menores de cinco anos. A Multivacinação para atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes até 15 anos foi igualmente prorrogada.

Até o início da tarde desta quinta-feira (29), o Rio Grande do Sul havia registrado a aplicação de 286.403 doses da vacina contra a Poliomielite em crianças de até 5 anos, o que corresponde a 54,1% da faixa etária abrangida pela Campanha. A marca está ainda longe da meta de imunizar 95% dessas crianças.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Prefeitura de Porto Alegre investe R$ 580 mil no projeto Adote um Escritor
O coronavírus pode “envelhecer” o cérebro em 10 anos, diz estudo
Deixe seu comentário
Pode te interessar