Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

Mundo Com 62% dos adultos vacinados, Washington anuncia volta à normalidade nos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

A medida só foi possível graças à vacinação contra a Covid-19

Foto: Reprodução
A medida só foi possível graças à vacinação contra a Covid-19. (Foto: Reprodução)

A capital dos Estados Unidos deu um passo para a volta à normalidade nesta segunda-feira (10). A prefeitura da capital americana anunciou que praticamente todas as restrições ao funcionamento de negócios e realização de eventos cairão em 11 de junho, com uma reabertura econômica completa programada para o próximo mês.

A medida só foi possível graças à vacinação contra a Covid-19. Com pouco menos de 700 mil habitantes, Washington já vacinou 61,9% dos maiores de 16 com ao menos uma dose de imunizante. Os números de novos casos e mortes por Covid-19 têm caído consistentemente.

A partir de 11 de junho, eventos esportivos, restaurantes, bares, casas noturnas e outras atividades vão poder funcionar sem limitação de público. Máscaras continuarão a ser exigidas nas áreas internas e, quando houver grandes aglomerações, também ao ar livre.

Outros Estados – especialmente os governados por republicanos, como Maryland, vizinho ao Distrito de Colúmbia – começaram a flexibilizar as restrições e promover uma reabertura antes da capital. Por isso, a retomada das atividades em cidades que foram mais cautelosas durante a pandemia, caso de Washington e de Nova York, é um sinal de que o país começa a virar a página com o avanço da vacinação.

A maioria dos negócios – como restaurantes – já poderá operar sem limitação de capacidade em 21 de maio, mas grandes eventos e o funcionamento de casas noturnas continuarão com a restrições de público até 11 de junho. A prefeitura planeja imunizar ainda mais residentes nas próximas semanas, graças a abertura de postos de vacinação sem hora marcada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Colômbia supera os três milhões de contágios por coronavírus
Ministro da Saúde anuncia aquisição de 4,5 milhões de kits para intubação
Deixe seu comentário
Pode te interessar