Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Com feriadão, média de mortes por covid no Brasil fica abaixo de 400 após 11 meses

Compartilhe esta notícia:

País contabiliza 605.569 óbitos e 21.722.978 casos de coronavírus desde o início da pandemia. (Foto: Reprodução)

O Brasil registrou mais 176 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, com o total de óbitos chegando a 601.442 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 367 — a menor registrada em exatos 11 meses, desde 12 de novembro de 2020 (quando estava em 365). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -32% e aponta queda pelo terceiro dia seguido.

A forte queda apontada tem influência do feriado de Nossa Senhora Aparecida. Devido às equipes reduzidas trabalhando nos municípios, os números de casos e mortes registrados no sistema nacional ficam abaixo do normal e apontam uma queda maior que a esperada.

Para efeito de comparação, na terça-feira passada (sem feriado) foram 686 mortos em 24 horas. Por isso, os números dos próximos dias devem vir elevados devido ao represamento.

Sob essa mesma influência, a média móvel de casos ficou abaixo da marca de 13 mil, a menor registrada desde maio de 2020.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados na noite desta terça (12). O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Estados

Amapá e Roraima não registraram novos óbitos nesta terça. Roraima também não registrou novos casos.

— Sete Estados apresentam alta de mortes: Amazonas, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe.

— Em estabilidade (3 Estados): Acre, Espírito Santo e Goiás.

— Em queda (16 Estados e o DF): Alagoas, Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal.

Casos

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia, 21.588.245 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 7.151 desses confirmados no último dia.

A média móvel nos últimos 7 dias foi 12.759 novos diagnósticos por dia — a menor marca registrada desde 18 de maio de 2020 (quando estava em 12.397). Isso representa uma variação de -22% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica queda nos diagnósticos.

Em seu pior momento a curva da média móvel nacional chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho deste ano.

Vacinação

O Brasil tem 99.958.396 pessoas que tomaram a segunda dose ou a dose única de imunizantes contra covid-19, o que equivale a 46,86% da população com o esquema vacinal completo, segundo dados também reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa.

Os que tomaram a primeira dose e estão parcialmente imunizados são 149.805.979 pessoas, o que corresponde a 70,23% da população. Já a dose de reforço foi aplicada em 2.468.883 de pessoas.

Somando a primeira dose, a segunda, a única e a de reforço, são 252.233.258 doses aplicadas desde o começo da vacinação, em janeiro de 2021.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Quase 100 milhões de brasileiros já estão imunizados contra a covid-19
Mais de 5 milhões de atendidos pelo Bolsa Família podem ter perdas com o Auxílio Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar