Sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Capa – Caderno 1 Começam as obras de revitalização da Praça da Alfândega, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

O prazo para conclusão das obras é de duas a três semanas. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

A revitalização da Praça da Alfândega, no Centro Histórico, teve início nesta sexta-feira (06), na Capital gaúcha. Entre os melhorias a serem realizadas, estão a pintura e reforma dos bancos da praça, a substituição das lixeiras metálicas e a pintura dos brinquedos do playground infantil. O prazo para conclusão das obras é de duas a três semanas e tem custo previsto de R$ 81,8 mil. O prefeito Nelson Marchezan Júnior acompanhou os trabalhos no espaço de 15 mil metros quadrados, que recebe diariamente mais de 90 mil pessoas e também um dos eventos culturais mais tradicionais da Capital: a Feira do Livro.

O dinheiro para as melhorias veio do contrato realizado em Porto Alegre para manutenção de equipamentos de praças e parques da cidade: R$ 24,8 milhões. “Esse contrato representa uma revolução simples, mas muito especial para os porto-alegrenses, pois atenderá toda a população. Antes, a manutenção era feita por servidores da prefeitura e quase impossível dar conta de uma demanda desse tamanho”, afirmou o prefeito.

Já o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, disse que a manutenção no local mostra o planejamento da administração em deixar a Praça da Alfândega bonita para a Feira do Livro, que ocorre em novembro. “É uma forma de nós trazermos dignidade aos frequentadores, às milhares de pessoas que passam diariamente por esse importante símbolo histórico. Vamos voltar a ter orgulho da nossa cidade”, afirma. O prazo de revitalização é de duas a três semanas e tem custo previsto de R$ 81,8 mil.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Após ser retirada da Câmara, charges de Bolsonaro estarão expostas em lugares diferentes de Porto Alegre
Prefeitura de Porto Alegre assina decretos para melhorar segurança pública
Deixe seu comentário
Pode te interessar