Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Viagem e Turismo Conheça o trem de luxo “Dolce Vita” que percorrerá a Itália

Compartilhe esta notícia:

O projeto prevê o funcionamento de cinco trens e rotas icônicas. (Foto: Divulgação)

Considerada a única península onde é possível viajar de norte ao sul rodeado pelo mar, a Itália e sua rica beleza, com seus patrimônios artísticos e culturais e suas paisagens exuberantes, poderá ser explorada, a partir de janeiro de 2023, apenas a bordo de um trem.

Batizada de “Dolce Vita”, a ideia inovadora proposta pelas empresas Arsenale e Trenitalia será um passeio turístico ferroviário no qual trens de luxo oferecem um itinerário para o passageiro redescobrir as belezas da Itália.

A bordo de um trem histórico da empresa pública Ferrovie dello Stato (FS), que administra o transporte ferroviário do país, o viajante terá uma experiência a ser vivida em um ritmo mais lento, para voltar a apreciar o tempo e a beleza da Itália, após todo isolamento social causado pela pandemia de covid-19.

Viajar no trem “Dolce Vita”, uma expressão do mais alto design italiano, será um mergulho não só apenas nas maravilhosas cidades de arte, como Roma, Veneza e Palermo, mas também em realidades mais íntimas, como pequenos municípios e aldeias espalhadas na natureza e entre belos vales, lagos, praias e montanhas.

A viagem, com duração entre uma e três noites, começará a bordo de vagões inspirados no design italiano dos anos 60 e 70, pelas influências de grandes nomes do setor como Carlo Scarpa, Gio Ponti, Piero Fornasetti e Ignazio Gardella.

O projeto prevê o funcionamento de cinco trens e rotas icônicas – em viagens de uma a três noites -, cruzando 14 regiões e passando por 128 cidades, por meio de 16 mil quilômetros de linhas ferroviárias transitáveis, sendo que 7 mil não são eletrificadas.

Os trens vão contar com 20 suítes e 12 cabines de luxo, totalizando 32 leitos cada um. A capacidade total será de 64 passageiros, com o objetivo de transportar 74 mil passageiros até 2026.

O desenho dos vagões foi confiado ao Dimorestudio, um dos mais importantes estúdios italianos de design de interiores. A decoração interior se concentrará no “made in Italy”, com detalhes em couro da Úmbria, vidros de Murano personalizados, tecidos toscanos, banheiros em mármore Carrara, madeiras trentinas e serviços tecnológicos feitos por empresas lombardas e emilianas.

Já os serviços de bordo vão incluir um cardápio para valorizar os chefs italianos e os produtos típicos locais. O primeiro trem “Dolce Vita” deve ser inaugurado em janeiro de 2023, tendo em vista que já estão em andamento as obras de restauração dos vagões. Os percursos, de fato, vão desde os picos alpinos às praias cristalinas da Sicília.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Viagem e Turismo

Empresa SpaceX, do bilionário Elon Musk, já vale 100 bilhões de dólares após viagem concluída com sucesso
Saiba o que são os “experimentos naturais” premiados com o Nobel de Economia
Deixe seu comentário
Pode te interessar