Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Mostly Cloudy

Porto Alegre Covid-19: Fiscalização dispersa aglomerações e vistoria estabelecimentos em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Agentes percorreram regiões com mais registros de infrações, como os bairros Cidade Baixa, Moinhos de Vento e os do 4º Distrito

Foto: Cesar Lopes/PMPA
Agentes percorreram regiões com mais registros de infrações, como os bairros Cidade Baixa, Moinhos de Vento e os do 4º Distrito (Foto: Cesar Lopes/PMPA)

Em fiscalização realizada na noite de sexta-feira (4) pela força-tarefa da prefeitura e da Brigada Militar, foram registradas três autuações por funcionamento de take away (pague e leve) e clientes no interior de estabelecimento fora do horário permitido. Aglomerações foram dispersadas nas ruas Fernando Machado, República e Padre Chagas. Os alvos da fiscalização são festas clandestinas e aglomerações.

Segundo os fiscais, no entanto, foi verificado o cumprimento do decreto vigente na maior parte dos estabelecimentos vistoriados. A operação, que segue até domingo (6) faz parte dos esforços para garantir a segurança sanitária em razão do aumento de casos de coronavírus na Capital.

“Os fiscais comprovaram que, em sua maioria, as atividades encerraram no horário determinado. Agradecemos aos empresários que entenderam a gravidade do momento e estão colaborando”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Hoff.

Agentes da Diretoria de Fiscalização da SMDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) e da Guarda Municipal, em conjunto com a BM, percorreram as regiões com mais registros de infrações relacionadas, como os bairros Cidade Baixa, Moinhos de Vento e os do 4º Distrito. No domingo, a fiscalização será feita na região das ilhas para verificar as atividades nas marinas. Os locais já foram comunicados sobre as regras que devem ser cumpridas para evitar a disseminação do coronavírus.

Conforme decreto publicado pela prefeitura, os restaurantes, bares e similares poderão funcionar até às 22h. Após este horário, ficam proibidas vendas pelos sistemas take away (pague e leve) e drive-thru, sendo permitida apenas comercialização por delivery (tele-entrega). A medida busca inibir a reunião de grupos e aglomerações em frente aos estabelecimentos.

Desde março, os fiscais da prefeitura têm vistoriado diferentes pontos da cidade e atendido denúncias da população. Ao todo, foram registradas mais de 1 mil fiscalizações por aglomeração em eventos, casas noturnas e via pública.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Daer fiscaliza transporte clandestino de passageiros no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre
Médico do Inca alerta para sintomas de câncer do colo do útero
Deixe seu comentário
Pode te interessar