Quarta-feira, 06 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Variedades Dado Dolabella defende maconha em meio a crime de posse de droga

Compartilhe esta notícia:

Ator disse que criminalização da maconha está relacionado ao racismo. (Foto: Reprodução/Instagram)

Dado Dolabella fez um post falando sobre o preconceito em torno da maconha, que está relacionado, em sua visão, ao racismo. O ator, que respondeu recentemente pelo crime de posse da droga, defendeu o uso pessoal.

“Eu ouvi alguém dizer má conha? Isso é coisa de coloniza.dor/explora.dor que perpetua até hoje. Vale tanto para a medicina trazida pelos pretos da África, quanto para suas crenças religiosas. Como também falam e sempre falaram da má cumba… Que de má só tem na cabeça de quem criminaliza. Engraçado que a mesma mídia que fala mal, fala bem. Vocês conseguem enxergar a manipulação deles indo pelo ralo? Pois assim ganham mais dinheiro… Perdoai-vos senhor, eles não sabem o que estão dizendo/fazendo”, disse ele.

Segundo o portal de notícias G1, Dolabella responde pelo crime de posse de droga para uso pessoal em Alto Paraíso de Goiás, na região da Chapada dos Veadeiros. Ao ser abordado com o entorpecente, ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

O registro policial de posse de droga é do último dia 21 de março. Segundo o delegado José Antônio Senna, o entorpecente em questão era a maconha. Ao responder por posse de droga por uso pessoal, a Polícia Civil explica que Dolabella pode receber advertência, ter que prestar serviços a comunidade ou cumprir medidas educativas.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Pesquisa inédita no Brasil busca novas variantes do coronavírus no País
Vitão diz que trocou maconha por leitura: “Superdifícil, mas estou conseguindo”
Deixe seu comentário
Pode te interessar