Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mist

Grêmio De centroavante para zagueiro, Rodrigues segue à risca a receita de Renato Portaluppi: “Sempre estar preparado”

Compartilhe esta notícia:

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Com a concorrência acirrada por uma vaga na defesa do Grêmio, o jovem Rodrigues procura seguir ao pé da letra o pedido do técnico Renato Portaluppi nas atividades do clube. Em busca de alçar seu espaço no profissional, o defensor relatou a importância da acolhida do elenco para seu processo de evolução. Mas os destaques da entrevista coletiva desta sexta-feira (05) não pararam por aí. O jogador revelou uma particularidade na sua caminhada para o futebol.

Com 11 jogos desde sua estreia pelo time principal em 2019, Rodrigues afirma que procura sempre estar preparado para quando as oportunidades surgirem, seguindo o recado do professor: “Eu sou muito privilegiado em estar em um clube como o Grêmio. Procuro sempre dar o meu melhor. É como o professor Renato sempre fala, você precisa sempre estar preparado para quando a oportunidade chegar, você agarrar”.

Da trajetória da equipe de Transição até o profissional, o apoio do grupo e do próprio técnico forma fundamentais. A evolução não foi apenas nas atuações, mas no próprio nome do atleta. Antonio Josenildo Rodrigues de Oliveira já foi apelidado de Tonhão, passou para Rodriguez até enfim, assumir apenas Rodrigues.

“Desde que eu chegue aqui, eu coloquei na minha cabeça que tinha que dar o meu melhor. Porque a qualquer momento, eu poderia estar no profissional. As coisas foram acontecendo. O grupo, o Renato, fizeram muita diferença para isso. Quando fui fazer a estreia no profissional, o Renato e o grupo me deixaram bem à vontade e pude fazer um bom jogo”, ressaltou o zagueiro.

Durante a entrevista coletiva aos canais oficiais do clube, o defensor também contou uma história particular quando iniciou no futebol, ainda na sua cidade de Arês, no Rio Grande do Norte. “Ao decorrer do tempo, me colocaram como zagueiro. Eu vi que centroavante, sem fazer gol, não dava para mim (risos). Quando tive a oportunidade de jogar na zaga, agarrei. Vi que ali era o canto certo”, revelou Rodrigues.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Atacante do Grêmio entra na mira do futebol alemão e português
Grêmio anuncia renovações com três jovens do Grupo de Transição
Deixe seu comentário
Pode te interessar