Domingo, 12 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Grêmio Atacante do Grêmio entra na mira do futebol alemão e português

Compartilhe esta notícia:

Pepê tem contrato com o tricolor até 2022

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Candidato a herdeiro de Everton no Grêmio, Pepê também está na vitrine e despertando interesse de clubes do futebol europeu. O jogador que já foi alvo de consultas, agora está no radar de dois novos clubes: Wolfsburg, da Alemanha, e Porto, de Portugal.

De acordo com informações da Rádio Grenal, o atacante recebeu consultas dos dois estrangeiros, mas ainda sem nenhuma proposta oficial. Ajax e PSV, ambos do futebol holandês, também já manifestaram interesse na contratação de Pepê.

O próprio clube considera o jogador de 23 anos com uma das possibilidades de negócio. Por conta da crise no futebol em virtude da paralisação das competições, as transferências ainda estão em andamento lento. A avaliação dos dirigentes do tricolor é que as propostas se formalizem nos próximos dias com a volta total do futebol nos países.

“A visão que temos é que, as negociações vão ficar mais firmes, com processo de negociação mais consolidado, a parir do incio do calendário em agosto. Talvez essa janela possa ser postergada, e então essas definições devem ocorrer”, declarou o vice de futebol Paulo Luz à Grenal.

Com contrato com o Grêmio até 2022, está não é a primeira vez que Pepê aparece no radar do mercado europeu. No final do ano passado, a Roma, da Itália, iniciou conversas para a contratação do atacante, mas não houve proposta oficial.

Mesmo estando no banco de reservas, Pepê se tornou peça fundamental para Renato, sendo titular imediato na ausência de Everton, e ainda ganhando espaço na vaga de Alisson, pelo lado direito de ataque. Em 2020, pelo tricolor, são cinco jogos e dois gols.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Com novo planejamento, o Grêmio realizou treino ensaiando situações de jogo
De centroavante para zagueiro, Rodrigues segue à risca a receita de Renato Portaluppi: “Sempre estar preparado”
Deixe seu comentário
Pode te interessar