Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Partly Cloudy

Geral Decreto determina o retorno à Secretaria da Educação de todos os professores e servidores escolares cedidos a outros órgãos

Compartilhe esta notícia:

Conforme a Secretaria da Fazenda, serão necessários 143 milhões de reais ao longo de 2016 apenas para o pagamento do completivo (Foto: Fernando Moraes/Folhapress)

Cerca de 1,2 mil professores alocados em órgãos administrativos estaduais e municipais terão que retornar às salas de aula. A medida consta em decreto assinado pelo governador José Ivo Sartori e publicado no Diário Oficial do Estado de sexta-feira. A medida tem vigência a partir do início do ano letivo, no dia 29 de fevereiro.

Com isso, o Executivo pretende atenuar o déficit na rede pública de ensino estadual, estimada em cerca de 2 mil docentes. Apesar da revogação das cedências, cada caso deverá ser analisado individualmente, de acordo com as funções exercidas e outros aspectos.

Polêmica

A presidência do Cpers-Sindicato alerta que a iniciativa pode trazer riscos à qualidade de ensino, devido à necessidade de atualização pedagógica dos professores que retornam à sala de aula, alguns deles profissionalmente defasados após diversos anos de atuação em outras atividades e setores.

O assunto será tema de reunião entre representantes da categoria e o secretário estadual da Educação, Vieira da Cunha, na quarta-feira.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Mulheres presas no Rio de Janeiro não podem mais ser algemadas na hora do parto
Falso Papai Noel que roubou helicóptero em São Paulo é preso na Bahia
Deixe seu comentário
Pode te interessar