Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Cultura Dez livros para ler antes de dormir e acalmar a mente

Compartilhe esta notícia:

Hábitos de leitura diminuem as chances de demência. (Foto: Reprodução)

Ler é um hábito muito saudável em diversos sentidos. Adequado para todos os momentos do dia, a leitura pode trazer ainda mais bem-estar se feita todos os dias a noite. Afinal, além de reduzir o estresse e a ansiedade da rotina, um bom livro antes de dormir pode combater a insônia e melhorar a qualidade do seu sono.

Confira uma lista com 10 livros leves e divertidos, ideais para acalmar a mente antes de dormir.

Eu Me Chamo Antônio (2013), Pedro Gabriel

Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida – suas alegrias e tristezas – em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia.

O Homem que Fazia Chover (2013), Carlos Drummond de Andrade

Esta reunião de contos e crônicas revela o lado ficcionista do escritor mineiro, um prosador dotado das mais altas qualidades – como o texto fluente, a caracterização precisa dos personagens, a linguagem a um só tempo clássica e moderna –, em histórias, fábulas e anedotas cheias de graça e humanidade. Um elenco de causos inesquecíveis, em que fantasia e realidade se misturam, resultando numa leitura leve, instrutiva e deliciosa.

O Pequeno Príncipe (1943), Antoine de Saint-Exupéry

Nesta clássica história que marcou gerações de leitores em todo o mundo, um piloto cai com seu avião no deserto do Saara e encontra um pequeno príncipe, que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana.

As Coisa que Você Só Vê Quando Desacelera (2017), Haemin Sunim

Escrito pelo mestre zen-budista sul-coreano Haemin Sunim, As coisas que você só vê quando desacelera é um livro para quem deseja tranquilizar os pensamentos e cultivar a calma e a autocompaixão. Ilustrado com delicadeza, ele nos ajuda a entender nossos relacionamentos, nosso trabalho, nossas aspirações e nossa espiritualidade sob um novo prisma, revelando como a prática da atenção plena pode transformar o modo de ser e de lidar com tudo o que fazemos.

Extraordinário (2013), R.J. Palacio

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular em Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apenas da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Um Dia Ainda Vamos Rir de Tudo isso (2018), Ruth Manus

Um dia ainda vamos rir de tudo isso é uma coletânea de crônicas publicadas pela autora no blog do Estadão, em sua coluna no Estado de S. Paulo e no jornal Observador, de Lisboa, além de algumas inéditas. O que o leitor tem em mãos não é apenas uma seleção de textos, e sim um retrato do nosso tempo, por uma das mais destacadas cronistas da nova geração.

Qual é o Seu Número? (2011), Karyn Bosnak

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher é de 10,5, fica desesperada e assustada. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível encontrar a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los.

O Lado Bom da Vida (2013), Matthe Quick

Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um “tempo separados”. À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que “é melhor ser gentil que ter razão” e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.

O Garoto da Casa do Lado (2004), Meg Cabot

Apesar do título teen, o livro é um romance adulto e cheio de humor. Escrito totalmente em forma de troca de e-mails, a obra conta a história de de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego. Contudo, dessa vez, ela tem uma desculpa de verdade para mais um atraso: estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma após levar um golpe na cabeça, em consequência de um misterioso atentado. Seria a colunista de fofocas capaz de descobrir uma grande reportagem? O que de fato aconteceu dentro do apartamento da Sra. Friedlander?

Extraordinárias: Mulheres que Revolucionaram o Brasil (2017)

De Duda Porto de Souza e Aryane Cararo, o livro conta a história de Dandara, que  foi uma guerreira fundamental para o Quilombo dos Palmares. Niède Guidon descobriu os registros rupestres mais importantes do nosso território. Indianara Siqueira é uma das lideranças mais atuantes da comunidade trans. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cultura

Contar uma boa história é o objetivo maior do escritor Stephen King, que está lançando o romance “Later”
Livro final da segunda trilogia de “50 Tons de Cinza” será lançado este ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar