Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Saúde Doação de sangue: saiba tudo sobre a ação que pode salvar vidas

Compartilhe esta notícia:

Em uma doação, são colhidos cerca de 450 a 550 ml de sangue. (Foto: Divulgação)

Os hospitais precisam de milhares de doações de sangue para viabilizar diversos procedimentos médicos. No Brasil, em média, menos de 2% da população doa sangue, embora a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomende que pelo menos 3% da população seja de doadores regulares. Por isso, é muito importante se manter informado sobre esse assunto.

A seguir, veja como é feita a doação de sangue, quem pode doar e mais.

Como é feita

O processo de doação de sangue é bastante simples. Ao chegar ao posto de coleta, o doador fará seu cadastro e, depois, será encaminhado para uma triagem clínica a fim de saber se está apto ou não para doar. Se a pessoa se encaixar nos requisitos necessários, irá para a coleta de sangue.

Em uma doação, são colhidos cerca de 450 a 550 ml de sangue. As mulheres têm, em média, 4,5 litros de sangue e os homens, 5,6 litros. Sendo assim, o volume de sangue doado não ultrapassa 10% do total. Após a coleta, o doador recebe um lanche leve.

É importante seguir todas as orientações recebidas na ocasião. Os doadores devem repor o líquido bebendo muita água e sucos. Além disso, devem evitar beber álcool, fumar e fazer atividade física nas 12 horas que precedem a doação.

Mulheres podem doar sangue a cada intervalo de 90 dias, podendo fazer até 3 doações por ano. Homens podem fazer até 4 doações por ano, aguardando 60 dias de intervalo.

Para a doação de sangue é necessário:

— Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem ter consentimento formal do responsável legal);

— Pesar, no mínimo, 50 kg;

— Estar devidamente alimentado (não consuma alimentos gordurosos antes da doação);

— Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

— Apresentar documento de identificação com foto, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista e Carteira Profissional emitida por classe). Serão aceitos documentos digitais com foto.

Não poderá doar sangue quem:

— Tiver idade inferior a 16 anos ou superior a 69 anos;

— Tiver peso inferior a 50 quilos;

— For portador de hepatite B ou C;

— For HIV-positivo;

— Fizer uso de drogas ilícitas injetáveis;

— Estiver com anemia no teste realizado imediatamente antes da doação;

— Estiver com hipertensão ou hipotensão arterial no momento da doação;

— Sentir febre no dia da doação;

— Estiver grávida;

— Estiver amamentando, a menos que o parto tenha ocorrido há mais de 12 meses.

Além desses, existem outros casos que impedem a doação de sangue, como o uso de alguns medicamentos específicos ou a realização de determinados procedimentos médicos.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Conheça 4 benefícios do açafrão ao organismo
TikTok: veja o perigo por trás dos truques de beleza na rede
Deixe seu comentário
Pode te interessar