Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

CAD1 Dois pilotos de uma empresa aérea foram suspensos após fazerem dancinha em rede social em pleno voo

Compartilhe esta notícia:

Em nota, a EasyJet disse que a segurança dos passageiros não foi comprometida. (Foto: Reprodução)

Dois pilotos da companhia aérea EasyJet foram suspensos depois que vazaram imagens deles usando um aplicativo de smartphone, o Snapchat, durante o voo.

Após o episódio, a companhia informou que está investigando o fato de maneira “séria” e que o comportamento dos pilotos “não era aceitável”.

Como informado pelo tabloide britânico “The Sun”, em um dos momentos de diversão na cabine, durante o voo, um piloto filmou o outro dançando com uma “mulher animada” e até com uma coruja.

Em nota, a EasyJet disse que a segurança dos passageiros não foi comprometida.

Um porta-voz da companhia disse que o episódio aconteceu quando a aeronave estava em velocidade de cruzeiro, e completou ao dizer que o voo operou com segurança.

“Embora em nenhum momento a segurança dos passageiros tenha sido comprometida, isso fica muito aquém dos altos padrões que a EasyJet espera de seus pilotos.” “Levamos essa questão a sério e, como tal, os pilotos foram suspensos (de acordo com nossos procedimentos), aguardando uma investigação disciplinar.”

Segundo o “The Sun”, a “brincadeira” dos pilotos aconteceu em um voo de Paris (França) para Madri (Espanha) na última quarta-feira (21).

Briga de casal

Em janeiro, um avião da companhia Ryanair que ia da Espanha para Irlanda precisou fazer uma aterrissagem imprevista para deixar um casal bêbado que estava brigando dentro da aeronave. O voo, que saiu de Alicante, no Sul da Espanha, precisou parar em Santander, no Norte do país, por causa do mau comportamento de um casal irlandês, que havia bebido demais e estava agindo de maneira agressiva entre si, segundo testemunhas.

O piloto do voo teve que fazer contato com a Agência de Segurança Aérea da Espanha para que os dois brigões fossem retirados da aeronave assim que pousassem no aeroporto. Apesar de terem causado a confusão, o casal não foi preso ao aterrissar, como é comum acontecer em situações semelhantes na Espanha. Eles, no entanto, terão que pagar uma multa à agência aérea.

A Ryanair não entrou em detalhes sobre a briga do casal. Um porta-voz da companhia disse que a empresa não tolera comportamentos desrespeitosos ou desordeiros e, por isso, pede a restrição na venda de bebidas em aeroportos, com o limite de dois drinques por passageiro e a não comercialização de álcool antes das 10h.

Passageiro impaciente

Também no começo deste ano, um passageiro foi detido após deixar um avião que estava atrasado pela saída de emergência, na pista de pouso de um aeroporto espanhol.

O passageiro Fernando Del Valle Villlobos registrou o incidente em um vídeo que mostra o homem sobre uma das asas da aeronave com sua mala na mão.

Del Valle Villlobos disse que o voo da empresa aérea Ryanair havia deixado Londres (Reino Unido) com uma hora de atraso, e que os passageiros ainda ficaram dentro do avião por mais 30 minutos após a aterrissagem em Málaga (Espanha), sem qualquer explicação por parte da companhia.

A Ryanair informou: “A polícia do aeroporto de Málaga imediatamente deteve o passageiro em questão, e uma vez que infringiu as regras de segurança da Espanha, o tema está sendo tratado pelas autoridades espanholas”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de CAD1

Um e-mail reforça a ligação entre o Movimento Brasil Livre e o site difusor de mentiras contra a vereadora assassinada no Rio
O Facebook já se desculpou pelas recentes violações de privacidade, mas as medidas anunciadas pela empresa para corrigir o problema ainda são obscuras
Deixe seu comentário
Pode te interessar