Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Brasil Em Salvador, Bruno Reis, é eleito no primeiro turno

Compartilhe esta notícia:

Vitória evidencia peso do apoio de ACM Neto. (Foto: Reprodução/ Twitter Bruno Reis)

Candidato apoiado pelo prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) confirmou o favoritismo demonstrado ao longo da campanha, venceu no primeiro turno e comandará a capital da Bahia pelos próximos quatro anos. Disputaram ainda a capital baiana o deputado federal Bacelar (Podemos), o deputado estadual Hilton Coelho (PSOL), Celsinho Cotrim (Pros) e Rodrigo Pereira (PCO).  Até 20h30min, do domingo (15) a capital da Bahia tinha 70% das urnas apuradas, e Bruno Reis, 63,6% dos votos.

A vitória de Bruno Reis consolida um ciclo de gestões do DEM em Salvador que deve chegar a 12 anos. É a segunda vez desde a redemocratização que um prefeito consegue fazer o seu sucessor na capital baiana —desde 1988, nenhum dos prefeitos havia conseguido emplacar um aliado. Bruno Reis (DEM) já era o primeiro colocado nas pesquisas de intenções de voto, aparecendo com 66% das intenções de voto na pesquisa Ibope divulgada no sábado (14) pela TV Bahia.

Natural de Juazeiro, no norte da Bahia, Bruno Reis começou sua trajetória política como assessor do então deputado federal ACM Neto. Em 2010, foi eleito de deputado estadual pelo PRP e quatro anos depois foi reeleito pelo PMDB.

Na prefeitura de Salvador, foi secretário de Promoção Social de 2015 a 2016, ano em que deixou o cargo para ser eleito vice-prefeito. No segundo mandato do prefeito, ocupou a secretaria de Infraestrutura entre 2019 e abril de 2020.

Em janeiro deste ano, foi indicado como candidato da base do prefeito ACM Neto e conseguiu formar uma aliança ampla, com 15 partidos. Sua candidatura foi impulsionada pela popularidade do prefeito, que é aprovado por 85% dos eleitores e desaprovado por 11%, segundo pesquisa Ibope divulgada em 30 de outubro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Luciano Huck evita falar de candidatura e avisa que “faltam séculos” para a eleição majoritária
Mais de 3 mil urnas foram trocadas e 55 candidatos detidos, neste domingo, em diversos Estados
Deixe seu comentário
Pode te interessar