Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Beleza Entenda o que são sulfatos e como eles influenciam a saúde dos cabelos

Compartilhe esta notícia:

Os shampoos sem sulfato são melhores para alguns tipos de cabelo. (Foto: Reprodução)

Se você não costuma ler os rótulos de seus shampoos ou não se importa com isso, saiba que suas madeixas podem precisar de cuidados melhores. Isso porque muitos produtos capilares contêm, em sua composição, sulfatos que podem prejudicar ou ajudar a saúde dos cabelos.

Isso não significa que você deva jogar todos os seus produtos de cabelo pelo ralo. Mas atentar-se ao que entra em seu banheiro pode ser uma ótima forma de começar. Entenda mais.

O que são sulfatos?

O cosmetólogo Nick Dindio esclarece que, no contexto de cosméticos para cabelos, o termo refere-se aos detergentes sulfatados, sendo os mais comuns o lauril sulfato de sódio (SLS), o lauril éter sulfato de sódio (SLES), o coco sulfato de sódio, o lauril sulfato de amônio e lauril éter sulfato de amônio.

“Esses ingredientes são todos surfactantes e são muito bons em seu trabalho”, explica Nick, acrescentando que os surfactantes são compostos por uma porção solúvel em água (sulfato) e uma porção solúvel em óleo (lauril, lauril éter ou coco), para que “eles possam cercar partículas de óleo e sujeira para levá-las pelo ralo”.

A razão pela qual esses compostos podem ser encontrados em shampoos é que eles são extremamente eficazes na remoção de toda a sujeira, oleosidade e acúmulo de produtos nos cabelos – muitas vezes, bons até demais.

Para contextualizar, a dermatologista Mona Gohara explica que os mesmos surfactantes podem ser encontrados até mesmo no detergente de louças, e aí reside um problema em potencial.

Shampoos sem sulfatos são melhores?

Os shampoos sem sulfato são melhores para alguns tipos de cabelo, mas isso não significa que todos aqueles com sulfato sejam ruins. Segundo Nick, os detergentes funcionam da mesma maneira, mas com propriedades diferentes, como qualidade e volume de espuma e poder de limpeza.

“Os sulfatos não são inerentemente ruins, mas podem ser agressivos – como todos os detergentes – se usados ​​em um nível muito alto”, pontua o especialista.

Embora SLS, SLES, lauril sulfato de amônio e lauril éter sulfato de amônio sejam alguns dos sulfatos mais comuns, não é tão simples procurar produtos sem sulfato, pois existem muitos deles. Por isso, uma boa dica é consultar uma lista de surfactantes para entender quais são agressivos, médios ou suaves antes de comprar um shampoo.

Se os primeiros ingredientes de um produto capilar estão na lista de sulfatos agressivos, a recomendação é não utilizá-lo se você tem cabelos cacheados, danificados ou secos. Em vez disso, opte por fórmulas sem sulfato.

De acordo com a cabeleireira Monaé Everett, entretanto, se você tem cabelos oleosos ou finos, sulfatos ou detergentes mais agressivos podem ser boas opções.

Sulfatos removem a coloração dos cabelos?

“Muitas vezes, os sulfatos podem remover pigmentos coloridos e tratamentos químicos – como tratamentos de queratina – mais rápido do que você gostaria, então eu definitivamente recomendo não usá-los, ou usar o mínimo possível, para ajudar a prolongar o cabelo”, analisa a colorista Meri-Kate O’Connor.

Nick, em contrapartida, argumenta que se trata mais da concentração do detergente do que do próprio produto, mas também não é uma má ideia optar por uma fórmula sem sulfato para cabelos tingidos.

Shampoos com sulfato podem ser bons?

Meri-Kate explica que, para pessoas com cabelos extremamente sujos ou com muito acúmulo de silicones, shampoos antirresíduos – especialmente os que contenham sulfatos – podem ser ótimas opções para serem usados eventualmente.

Segundo ela, pessoas que tenham o couro cabeludo oleoso ou são expostas à muita sujeira e poeira podem se beneficiar da limpeza profunda promovida pelos sulfatos. No entanto, o uso de tais produtos não é recomendado para quem tem cabelos secos, pois eles podem ressecar os fios ainda mais, bem como para pessoas que sofrem com condições como dermatite e eczema.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Beleza

Amber Heard diz que ainda ama Johnny Depp: “Não tenho ressentimento”
Britney Spears volta a deletar conta no Instagram após novo drama familiar
Deixe seu comentário
Pode te interessar