Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Comportamento Especialista ressalta a importância da reflexão no Dia da Consciência Negra

Compartilhe esta notícia:

Dia da Consciência Negra será neste sábado

Foto: Divulgação
Dia da Consciência Negra será neste sábado. (Foto: Divulgação)

Neste sábado (20) é marcado como o Dia da Consciência Negra. A cabeleireira porto-alegrense Eliane, conhecida como Lili, exalta a importância da data. “Uma oportunidade para reascender todas as nossas questões e valores sobre vivência preta, e expandir a comunicação e alerta sobre o meu trabalho que é feito diariamente. É uma forma de refletir e analisar todos os dias de prática do empoderamento preto”.

Lili, que começou a carreira desde os 12 anos como trancista em casa, se especializou com cursos profissionais e workshops de cabelos e tranças.

“Participei do Prêmio Brasil Expert em Cabelos cacheados e crespos, uma premiação de alta importância, que veio como um divisor de águas na minha carreira profissional, reafirmando e confirmando todos os estudos e práticas aprendidos.”

Essa premiação reflete também em trabalhos beneficentes. Lili destacou que promove um projeto gratuito de imersão ao mundo das tranças uma vez ao mês e está iniciando uma coleta de brinquedos que é válida até dia 22 de dezembro para as crianças do Morro da Cruz, na Capital.

“O objetivo é arrecadar muitos brinquedos e doar para essas crianças que precisam. Nesse mês de novembro, marcado pela Consciência Negra, e ainda em tempos de pandemia, é bom refletirmos sobre o outro. Somos todos seres humanos e o preconceito, seja de qualquer forma, deve ser banido.”

Lili é especialista em cabelo afro. (Foto: Divulgação)

 

 

 

 

 

.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Comportamento

A importância de montar um prato colorido
Black Friday: brasileiros se rendem a liquidações de sites chineses e produtos “baratinhos”
Deixe seu comentário
Pode te interessar