Segunda-feira, 01 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Partly Cloudy

Geral Evento em defesa do rio dos Sinos será realizado em São Leopoldo

Compartilhe esta notícia:

Rio dos Sinos. (Foto: Luiz Damasceno/Divulgação)

Em 5 de novembro, Dia Nacional da Cultura, o Movimento Nación Pachamama, que luta pelos direitos da natureza, juntamente com diversos movimentos sociais e juristas do País inteiro, promoverá uma mobilização nacional junto aos povos ribeirinhos em defesa dos rios. É a 1ª Pororoca da Nación das Águas – A Melodia dos Rios, à beira de rios de várias cidades brasileiras.

O evento tem o objetivo de chamar a atenção da população em defesa dos rios (bacias hidrográficas) e articular a legalização de políticas públicas que amparem esses rios como sujeitos de direitos e que os mostrem como centro nutritivo da própria humanidade desde a antiguidade.

A mobilização reúne defensores das águas pelos direitos dos rios Amazonas, São Francisco, Doce, Camaquã e dos Sinos, além de diversos outros de importância local. Já estão confirmadas para a 1ª Pororoca da Nação das Águas Fortaleza, Manaus (rio Amazonas), São Leopoldo e cidades da região do Vale do Rio dos Sinos, Pelotas, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Aracaju (rio São Francisco), Florianópolis, San Marcos Sierras (Córdoba, Argentina). Interessados em juntar-se podem acessar o site www.nacionpachamama.com.

No Rio Grande do Sul, um dos eventos reunirá amantes do rio e da natureza às 8h30min, com uma pedalada pelo Rio dos Sinos. A saída será no Posto de Gasolina da Lomba Grande (Novo Hamburgo). Depois, continua das 10h às 16h, na Ponte 25 de julho, tombada pelo Patrimônio Histórico em São Leopoldo, e em frente à Igreja Matriz. No início, acontece uma oferenda ao ser do rio, ao estilo do Puja, ritual realizado pelos hindus, como forma de oferecer símbolos de gratidão às divindades, e cantigas de abraçar o rio.

Depois, será realizada uma meditação, seguida de conscientização pelos nossos rios, para o qual são esperadas centenas de pessoas. Todos que quiserem poderão participar. Será exposto também um varal poético, com cartazes com poemas feitos pelos presentes. O anfitrião da 1ª Pororoca no Rio dos Sinos será o boneco Monstro dos Rios (interpretado por integrante da ONG Pachamama), que fará a abertura e permanecerá até o final do evento.

Segundo Doraci Guimarães (que no Movimento ganha o nome de Lorena Iriarte), presidente da ONG Pachamama, a 1ª Pororoca da Nação das Águas representa o momento em que o Brasil, país com a maior quantidade de água doce do planeta (cerca de 12%), exerce seu protagonismo diante da grande ameaça que as águas, especialmente os rios, sofrem pela ação indiscriminada das nossas práticas de consumo e do atual sistema social e econômico.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, diz que as eleições de 2018 tendem a frear a reforma da Previdência
Partido NOVO RS promove primeiro encontro estadual
Deixe seu comentário
Pode te interessar