Terça-feira, 02 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Fair

Mundo Evo Morales deixa o México e viaja a Cuba

Compartilhe esta notícia:

Evo, que está asilado no México, teria ido a Cuba para uma consulta médica.

Foto: Twitter/Fotos Públicas
Evo, que está asilado no México, teria ido a Cuba para uma consulta médica. (Foto: Twitter/Fotos Públicas)

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está asilado no México desde de novembro, viajou na sexta-feira (6) para Cuba, informou o diretor de comunicação do Ministério das Relações Exteriores do México, Roberto Velasco.

“Precisamos que hoje [sexta-feira] o Sr. Morales viajou de manhã para Cuba. Ele nos informou que é uma viagem temporária. No momento, essa é a informação disponível”, escreveu Velasco em sua conta no Twitter.

Segundo Gabriela Montaño, ex-ministra da Saúde da Bolívia, Evo Morales foi a Cuba para uma consulta médica.

Não há informações sobre o retorno de Evo ao México. O ex-presidente boliviano viajou com seus colaboradores Álvaro García Linera, ex-vice-presidente, e Gabriela Montaño, ambos também asilados no México.

Segundo o jornal espanhol “El País” e meios mexicanos, a viagem de Morales a Cuba precederia uma visita à Argentina, após a posse do peronista Alberto Fernández, que acontece terça-feira (10). No final de novembro, Evo revelou o convite de Fernández para sua posse.

Porém, quando Morales seguirá para a Argentina ainda é um incógnita. O jornal “El País” afirma, segundo fontes, que ele busca asilo no país para ficar mais perto da Bolívia e ter contato direto com os dirigentes do seu partido, o MAS (Movimento ao Socialismo). Os dois filhos do ex-presidente, que também deixaram a Bolívia, foram para a Argentina.

Evo Morales chegou ao México dia 12 de novembro, após renunciar ao cargo de presidente da Bolívia sob pressão das Forças Armadas bolivianas e em meio a uma onda de protestos por sua questionada reeleição.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Evento reúne neste sábado jovens de áreas vulneráveis da Região Metropolitana
Secretaria da Agricultura suspende multa para quem perdeu prazo de vacinação contra febre aftosa
Deixe seu comentário
Pode te interessar