Domingo, 03 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Saúde Exercícios para fazer em casa por 15 minutos ajudam a reduzir ansiedade; veja opções

Compartilhe esta notícia:

Yoga é um dos vários exercícios que podem ser praticados em casa.

Foto: Reprodução
Yoga é um dos vários exercícios que podem ser praticados em casa. (Foto: Reprodução)

Um estudo desenvolvido pelo King’s College London, no Reino Unido, revelou que cerca de 15 minutos por dia de exercícios – especificamente, 15m09s – proporcionam melhora do bem-estar mental e ajudam a conter a ansiedade. Esse número “mágico” torna mais simples a missão dos que dispõem de pouco tempo em meio ao dia a dia para frequentar uma academia ou praticar esportes. E há dicas de como garantir sua atividade física diária até mesmo sem sair de casa.

“Manter-se ativo durante o dia já traria grandes benefícios para a saúde: reduzir o tempo sentado, optar por usar escadas, caminhar mais… Essas atitudes levariam a um aumento do gasto energético e à liberação de uma cascata de hormônios benéficos à saúde, pois hoje sabemos que a nossa musculatura é um grande órgão endócrino, que só funciona sendo movimentado”, detalha.

O estudo revela que quando o indivíduo adere à prática de exercícios físicos, “o corpo passa a trabalhar melhor, por estar sendo estimulado”. E ressalta que atividades aeróbicas como caminhar, correr ou andar de bicicleta “tendem a condicionar o coração, assim, ele fica até menos exposto às taquicardias, um dos sintomas das crises de ansiedade”.

Para quem não pode aderir às atividades na rua, é indicado sessões de exercícios funcionais domésticos, alternando membros superiores e inferiores.

– Agachamentos (sentar e levantar de uma cadeira por 20 segundos, inspirando na descida do movimento e expirando na subida);

– Corridas estacionárias;

– Subir e descer escadas (estímulos de 20 a 30 segundos, com descansos por período igual ou superior aos estímulos);

– Polichinelos;

– Dança; e

– Yoga.

Peso do corpo

Exercícios que usam o peso do próprio corpo também são uma boa alternativa. O mais importante, porém, é a regularidade da prática:

O melhor exercício ou o melhor treino é aquele que você tem tempo para fazer. Consistência é necessária para que o corpo entenda o que está acontecendo e reaja com os benefícios que o exercício traz para a saúde.

Aplicativos

O uso de aplicativos para exercícios em casa também podem fazer parte da sua rotina sem precisar ir até uma academia ou enfrentar dias frios logo pela manhã.

O objetivo desses apps e serviços e funcionarem como uma espécie de personal trainer, indicando séries de exercícios que façam sentido de acordo com o seu nível de condicionamento e objetivos de médio e longo prazo.

A boa notícia é que muitos desses apps têm aulas gratuitas e que podem ser aproveitadas mesmo por quem não está disposto a pagar uma assinatura mensal. Ainda, se você estiver disposto a investir, faça as contas e descubra que eles podem valer a pena para você economizar no condicionamento.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Biografia de Chico Buarque: Conheça um dos maiores nomes da música popular brasileira
Lançada no Brasil neste mês, a vacina contra herpes-zóster já está disponível em clínicas particulares do País
Deixe seu comentário
Pode te interessar