Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Exposição fotográfica na Assembleia Legislativa ressalta importância da prevenção do câncer

Compartilhe esta notícia:

Mostra prossegue no saguão do Parlamento até o dia 5 de novembro. (Foto: Vinicius Reis/AL-RS)

Com foco no incentivo à prevenção, a Assembleia Legislativa inaugurou nesta semana a exposição fotográfica “Outubro Rosa e Novembro Azul”. Trata-se de uma iniciativa conjunta entre Associação de Apoio a Pessoas com Câncer e dois grupos dedicados ao tema na Casa: a Procuradoria Especial da Mulher e a Frente Parlamentar sobre o Câncer na Mulher.

Além de fotografias de homens e mulheres que superaram a doença, a mostra tem painéis com mensagens de incentivo ao autocuidado e à realização de exames preventivos.

Cartilhas e folders alertando sobre fatores de risco, sintomas, mudança de estilo de vida e escolhas saudáveis estão à disposição dos visitantes do evento, que prossegue até o dia 5 de novembro no Espaço Carlos Santos, localizado na entrada do Palácio Farroupilha.

A procuradora da Mulher e presidente da Frente Parlamentar sobre o Câncer na Mulher, deputada Franciane Bayer (PSB), ressalta que o propósito do evento é chamar a atenção de todos os que ingressam no prédio sobre a importância de “prevenir doenças que têm altos índices de cura, desde que diagnosticadas e tratadas precocemente”.

Ela menciona o fato de que a pandemia de covid pode ter agravado o cenário oncológico no Estado e no País. Isso porque muitas pessoas deixaram de procurar os serviços de saúde para fazer seus exames de rotina, por causa do medo de se infectarem com o coronavírus.

Um material informativo elaborado pelo gabinete da parlamentar, e que está à disposição da população, apresenta uma estimativa da incidência de novos casos de câncer no Brasil no biênio 2021-2022:

– 66.280 diagnósticos de câncer de mama;

–20.470 de colo retal;

–12.440 de pulmão;

–11.950 da glândula tireóide.

o panfleto também lista hábitos que devem ser incorporados ao cotidiano para prevenir à doença, como a realização de exercícios físicos, redução do consumo de álcool e de carnes processadas.

Representando a presidência do Legislativo estadual, a presidente da Comissão de Saúde e Ambiente Ambiente, Zilá Breitenbach (PSDB), frisou que o papel do Parlamento é o de divulgar informações que colaborem para que a sociedade adote uma conduta preventiva em relação à doença.

Além disso, a deputada considera fundamental que a instituição esteja sempre atenta para saber se o número de exames disponíveis é suficiente para atender a demanda e se a população está tendo dificuldades de acesso a tratamentos efetivos para a doença.

Dentre os materiais disponíveis para a população na exposição, está a cartilha “Câncer de Mama: Cuidados, Prevenção e Direitos Sociais”, elaborado pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente e que abrange informações sobre sintomas, fatores de risco, estatísticas, formas de tratamento, leis que protegem os doentes e formas de exigir a concessão de benefícios e direitos.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Brasil tem média móvel de 342 mortes diárias por Covid; tendência é a pior registrada no último mês
Comitê de agência dos EUA recomenda autorizar vacina da Pfizer para crianças entre 5 e 11 anos
Deixe seu comentário
Pode te interessar