Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Notícias Facebook fora do ar: a rede social ficou instável e usuários reclamaram de problemas

De acordo com relatos de usuários, feed do Facebook não carregava e não criava posts. (Foto: Reprodução)

O Facebook está instável e apresenta problemas nesta quinta-feira (28). De acordo com relatos na Internet, os usuários enfrentam dificuldades para fazer login na rede social e o feed não carrega, nem atualiza. As reclamações no Downdetector, ferramenta que monitora o funcionamento de serviços na web, começaram por volta de 11h da manhã, com pico ao meio-dia. A reportagem entrou em contato com a assessoria do Facebook no Brasil, que declarou estar checando a situação: “Estamos cientes que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar a família de apps do Facebook. Já estamos trabalhando para resolver a questão o mais rápido possível”.

Apesar das reclamações, não conseguimos reproduzir nenhum erro específico nos testes da reportagem. O Facebook apresentou lentidão para carregar, mas abriu normalmente na versão web e nos aplicativos para celular Android e iPhone (iOS). Nesta quinta-feira (28), o Instagram também enfrentou uma instabilidade. Usuários reclamaram que o aplicativo não carregava o feed e algumas fotos estavam sem legenda. Vale lembrar que os dois serviços são de responsabilidade do Facebook, que também é dono do WhatsApp.

Pelo mapa do Downdetector, foi possível ver que a falha no Facebook estava concentrada nos Estados Unidos e no México, mas há reclamações no Brasil, principalmente na região Sudeste. Alguns usuários relatavam que não conseguiam postar no Facebook ou mudar as fotos de perfil e de capa, outras afirmavam que se tratava de uma falha total, com a exibição de uma mensagem de erro.

O Google Trends, que monitorava as buscas na Internet, também registrou um aumento nas pesquisas relacionadas à falha. Na ocasião, aumentou o número de buscas para os termos “Facebook caiu hoje”, “Facebook instável”, “Problemas no Facebook” e “Facebook fora do ar”. Já no Twitter, a falha na rede social virou alvo de reclamações.

Golpe no Tinder

Criminosos estavam usando bots para aplicar golpes no Tinder. Com perfis falsos no aplicativo de namoro, os golpistas usavam chatbots – programas de inteligência artificial muito utilizados por empresas na automatização do atendimento ao cliente – para interagir com as possíveis vítimas. Além de mensagens carinhosas, os robôs também enviam links maliciosos para roubar dinheiro. O alerta foi divulgado pelo consultor de namoros online e palestrante, Steve Dean para o jornal britânico Daily Mail.

No Tinder, de acordo com Dean, esses bots enviavam mensagens “carinhosas” seguidas de um link com frases como “aqui está o meu número de telefone, você pode me ligar aqui”. Ao clicar no link malicioso, o usuário é direcionado a um site fraudulento e induzido a comprar uma assinatura falsa do app. Assim, os bandidos roubam o dinheiro das vítimas.

O chatbot é um programa que consiste na interação baseada em palavras-chave ou comandos específicos capazes de interpretar a mensagem enviada pelo usuário. No entanto, os bots maliciosos criados por terceiros para aplicar golpes, como neste caso, estão cada vez mais comuns.

Após diversas denúncias contra a Match.com, proprietária do Tinder, a Federal Trade Commission, agência estadunidense de proteção ao consumidor, acusou a empresa por expor seus usuários a risco de fraude. De acordo com a FTC, o Tinder teria aproveitado do golpe para induzir seus usuários a comprarem assinaturas do app por meio de notificações enviadas a eles por e-mail. A Match.com negou o ocorrido e declarou, em um comunicado enviado para a imprensa, que as acusações são “completamente sem mérito”.

Voltar Todas de Notícias

Compartilhe esta notícia:

“Daqui a um tempo acho que vai diminuir”, disse Bolsonaro sobre o preço da carne
Instagram, WhatsApp, operadoras e outros serviços ficaram fora do ar nesta semana
Deixe seu comentário
Pode te interessar