Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Filhos da ex-deputada federal Flordelis são condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo

Compartilhe esta notícia:

Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza foram denunciados pelo MP por envolvimento no assassinato

Foto: Divulgação
Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza foram denunciados pelo MP por envolvimento no assassinato. (Foto: Divulgação)

Dois dos filhos da ex-deputada Flordelis foram condenados nesta quarta-feira (24) por envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Flávio dos Santos Rodrigues, acusado de atirar no padrasto, foi condenado a 33 anos e dois meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma, uso de documento ilegal e associação criminosa armada.

Já Lucas Cézar dos Santos Souza, apontado por comprar a arma do crime, foi condenado a sete anos e meio. Foram 15 horas de julgamento. A sessão começou na tarde desta terça-feira (23), e a sentença foi proferida por volta das 5h45 desta quarta-feira. Na noite desta terça-feira, Lucas afirmou que Flávio queria acabar com o sofrimento da mãe.

Segundo Lucas, Flávio teria contado sobre seu desejo de acabar com o sofrimento da mãe numa conversa cerca de um mês antes do assassinato. Na ocasião, Flávio também teria dito que Flordelis estaria sofrendo por causa de “trâmites” de Anderson em Brasília.

Lucas é apontado pelas investigações como a pessoa que ajudou Flávio a comprar a arma do crime. Contudo, ele afirmou que não sabia que a pistola Bersa 9 milímetros seria usada para matar o pastor.

Flávio, filho biológico de Flordelis, foi denunciado pelo Ministério Público como o autor dos tiros que causaram a morte de Anderson do Carmo, no dia 16 de junho de 2019. Além de responder por homicídio triplamente qualificado, ele será julgado também por porte de arma de fogo de uso restrito.

Lucas Cézar, que é filho adotivo da ex-deputada, além de responder pelo homicídio, é acusado como responsável por adquirir a arma usada no assassinato. Anderson, ex-marido de Flordelis, foi assassinado a tiros em 2019. A ex-parlamentar é acusada de ser a mandante do crime.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Presidente de comissão do Senado diz que sabatina de André Mendonça, indicado para o Supremo, será na semana que vem
Nasa lança missão para atingir asteroide como teste contra ameaças futuras
Deixe seu comentário
Pode te interessar