Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Brasil Fraudes na instalação de aplicativos já deram 73 milhões de dólares em prejuízos no Brasil só este ano

Compartilhe esta notícia:

A maioria dos desfalques no País foi de apps de compras. (Foto: Reprodução)

Fraudes na instalação de aplicativos em dispositivos móveis deram 73,5 milhões de dólares em prejuízos para empresas nos primeiros sete meses de 2019, segundo um levantamento feito pela empresa de marketing de dispositivos móveis AppsFlyer. As informações são do portal Terra.

Segundo a empresa, esse valor equivale a quase metade dos prejuízos do período em toda a América Latina. Em termos globais, a publicidade exposta a fraudes na instalação de apps no primeiro semestre somou 2,3 bilhões de dólares.

“A natureza dos ataques fraudulentos está evoluindo rapidamente e se tornando cada vez mais sofisticada”, disse Daniel Simões, diretor AppsFlyer no Brasil.

De acordo com a empresa, cerca de 20% dos aplicativos instalados em 2019 são fraudulentos. A maioria dos desfalques no País foi de apps de compras, com 62,4 milhões de dólares.

Em termos mundiais, a AppsFlyer constatou também que a fraude de instalação de aplicativos pelo sistema operacional iOS da Apple é menos vulnerável do que no Android.

Libra terá que atender padrões rígidos nos EUA 

Oprojeto da criptomoeda libra, liderado pelo Facebook, deve atender aos mais altos padrões de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo para que possa sair do papel, disse uma importante autoridade do Tesouro dos Estados Unidos, nesta terça-feira.

Qualquer projeto de criptomoeda, incluindo a libra, com sede em Genebra, operando em todas ou em partes substanciais dos EUA claramente terá que satisfazer os padrões regulatórios norte-americanos, afirmou Sigal Mandelker, subsecretária de Terrorismo e Inteligência Financeira dos EUA, a repórteres na capital suíça.

“Seja bitcoin, ethereum, libra, nossa mensagem é a mesma para todas essas empresas: a lavagem de dinheiro e o combate ao financiamento do terrorismo devem ser incorporados ao seu projeto desde o início”, disse Mandelker.

A autoridade do Tesouro disse que se encontrará com a supervisora de mercado financeiro da Suíça, FINMA, nesta terça-feira, onde discutirá não apenas a aplicação de proteções adequadas contra lavagem de dinheiro, mas também a tomada de medidas coercitivas contra empresas que desrespeitarem essas regras.

A FINMA, em agosto, concedeu as primeiras licenças bancárias e de valores mobiliários da Suíça a dois provedores de serviços de blockchain e construiu um centro de moedas digitais apelidado de “Vale Crypto”.

O projeto da libra ainda está em estágio muito precoce de pensar em medidas para evitar tais crimes, disse ela, acrescentando que as autoridades suíças têm opiniões semelhantes.

tags: appfraudes

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Morre a mulher iraniana que incendiou o próprio corpo após ser processada por tentar entrar em um estádio de futebol
Comunidade questiona a falta de segurança e manutenção do Parque da Redenção, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar