Segunda-feira, 30 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Celebridades “Fui promovido”, diz Rodrigo Lombardi sobre substituir Domingos Montagner em série da Globo

Rodrigo Lombardi (E) foi escalado para a série "Carcereiros", no papel que seria de Domingos Montagner, que morreu durante um intervalo das gravações de "Velho Chico". (Foto: Reprodução)

Chamado para substituir Domingos Montagner na série “Carcereiros” (Globo), Rodrigo Lombardi escreveu um post no Instagram, neste domingo (25), homenageando o ator que morreu durante um intervalo das gravações de “Velho Chico”.

No texto, Lombardi afirma que não sente como se fosse uma substituição, mas uma promoção para a vaga destinada ao amigo.

“Essa semana recebi um convite. Melhor, essa semana fui promovido. Melhor, essa semana fui honrado com esse convite: a incumbência de substituir (se é que a palavra se aplica nesse caso) meu amigo ‘Mingo’ na série ‘Carcereiros'”, disse o ator na legenda de uma montagem com a foto dele e de Montagner.

Com trocadilhos circenses — Montagner foi palhaço antes de ir para o teatro e para as novelas —, Lombardi declarou que pretende se esforçar ao máximo no papel.

“Vou me jogar de cabeça, como tento fazer sempre. Mas, dessa vez, prefiro imaginar um salto, um voo, como em um trapézio ou maca russa, ou mesmo qualquer um desses paralelos que traçamos em muitas das nossas conversas. Sem rede, sempre”, afirmou.

O ator ainda mandou um recado para Montagner, pedindo para que ele falasse com Umberto Magnani e Elias Gleizer, atores da Globo que também morreram nos últimos anos. “Pede para o Magnani contar a história do ‘tú é teu’ e para o Gleizer pergunta se ele ainda topa uma queda de braço”, completou.

“Carcereiros” é uma série da Globo baseada no livro de mesmo nome de Drauzio Varella. Montagner estava escalado para viver o protagonista da trama. (Folhapress)

Essa semana recebí um convite. Melhor… Essa semana fui promovido. Melhor… Essa semana fui honrado com esse convite. A incumbência de substituir ( se é que a palavra se aplica nesse caso ) meu amigo "Mingo" na série CARCEREIROS. Vou me jogar de cabeça! Como tento fazer sempre! Mas dessa vez, prefiro imaginar um salto, um voo, como num trapézio ou maca russa, ou mesmo qualquer um desses paralelos que traçamos em muitas das nossas conversas, mano véi… Sem rede! Sempre! Dói ainda. Manda beijos pro Magnani e pro Gleizer! Pede pro Magnani contar a história do "tú é teu" e pro Gleizer pergunta se ele ainda topa uma queda de braço. Pro meu pai… Bem, não precisa, to falando com ele agora…

Uma foto publicada por Rodrigo Lombardi (@rodrigolombardi) em

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Casada, Letícia Spiller acha ótimo trabalhar novamente com o ex-marido, Marcello Novaes
Faustão ataca governo de Michel Temer e critica exclusão de educação física
Deixe seu comentário
Pode te interessar