Domingo, 31 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Rio Grande do Sul Fundação Liberato colabora com produção de protetores faciais para profissionais que combatem coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Jeferson Wiederkehr durante a produção de protetores faciais que serão doados para profissionais da saúde.

Foto: Dainize Casarin/Fundação Liberato
Jeferson Wiederkehr durante a produção de protetores faciais que serão doados para profissionais da saúde. (Foto: Dainize Casarin/Fundação Liberato)

Engajada em ações que buscam colaborar com a prevenção ao coronavírus (Covid-19), a Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, em Novo Hamburgo, está produzindo protetores faciais que serão doados para profissionais da saúde.

A escola tem condições de produzir, aproximadamente, nove equipamentos de proteção por dia. O trabalho está sendo executado em impressoras 3D pelo servidores da Fundação Augusto Mombach, Fabio de Souza e Jeferson Wiederkehr.

Segundo o diretor executivo, Ramon Fernando Hans, a ajuda, apesar de singela, é fundamental numa hora dessas. “Poder colaborar com a comunidade, mesmo com pouco, faz parte do espírito de coletividade que incentivamos na escola. Em muitas ocasiões pedimos a colaboração da comunidade. Agora, estamos fazendo a nossa parte”, destacou.

A Liberato está apoiando um projeto que teve início na Universidade Feevale. Para continuar a produção das máscaras, a instituição aceita doação de materiais necessários (filamento de PLA 1,75 mm e 2,85 mm e chapa de acetato diâmetro 0,5 mm). Contatos pelo whatsapp (51) 99135-2363.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Os efeitos do coronavírus adiam a cobrança de novas tarifas de pedágio da Empresa Gaúcha de Rodovias para junho
EPTC alerta para aumento do número de mortes no trânsito
Deixe seu comentário
Pode te interessar