Sábado, 28 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Fair

Rio Grande do Sul A General Motors alcança a marca de 4 milhões de carros produzidos em solo gaúcho

Vice-presidente Marina Willisch disse em encontro com Leite que quantidade de veículos produzidos em Gravataí "é um marco para toda a família GM".

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini
Vice-presidente Marina Willisch disse em encontro com Leite que quantidade de veículos produzidos em Gravataí "é um marco para toda a família GM". (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)

A fábrica da General Motors em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, chegou a marca de 4 milhões de veículos produzidos. A informação foi dada durante reunião entre o governador Eduardo Leite e a vice-presidente da General Motors América do Sul, Marina Willisch, na tarde desta sexta-feira (21), no Palácio Piratini.

“É o resultado de um trabalho enorme e desafiador. Uma parceria que envolve nossos funcionários e fornecedores, sindicato e o próprio governo. Quatro milhões de carros produzidos é um número que dá orgulho. É um marco para toda a família GM, todos aqueles que trabalham junto e que conquistaram esse êxito”, destacou Marina.

Em julho de 2020, a fábrica da GM irá completar 20 anos de atividades no Rio Grande do Sul. “É uma parceria que deu certo. O governo do Estado fez a sua parte no passado e, ao longo da história, foi viabilizando novos investimentos que ajudaram a modernizar e ampliar a fábrica. Isso significou desenvolvimento, emprego, renda e geração de tecnologia no Estado. É um orgulho ter aqui no RS a fábrica da GM que tem a melhor condição de produtividade em todo o mundo”, enfatizou Leite.

Em 2018, a montadora anunciou investimento de R$ 1,4 bilhão para a nova plataforma de veículos da unidade de Gravataí. O resultado foi visto no final do ano passado, com o lançamento do novo Chevrolet Onix, o modelo mais vendidos do país, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). A fábrica da GM em Gravataí é a única no mundo que produz o Onix em três turnos, gerando mais empregos e trazendo ganhos de competitividade em relação às unidades da GM no México e na China.

Ambiente de negócios

No encontro, o governador afirmou que o Estado está fazendo a sua parte para atrair novos investimento do setor automobilístico. A primeira medida foi a aprovar a Reforma RS, que vai melhorar a capacidade fiscal do governo, permitindo mais investimentos, especialmente em transportes e logística.

Leite também destacou as concessões de rodovias e hidrovias e disse que a meta é melhorar o ambiente de negócios e tornar o Rio Grande do Sul mais competitivo em relação a outros Estados, por isso vai apresentar uma reforma tributária à Assembleia Legislativa.

Outro tema discutido na reunião foram os desafios da indústria automobilística no Brasil. Depois de anos de dificuldade, o setor vive um clima de otimismo devido à alta nas comercializações. Em 2019, de acordo com a Fenabrave, a venda de veículos novos no país cresceu 8,65% em relação ao ano anterior.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Segurança Pública tem estrutura especial para o carnaval no Estado
Atualização da tarifa de água é a menor desde 2015
Deixe seu comentário
Pode te interessar