Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Light Rain

Notícias Governador José Ivo Sartori anuncia mudanças no seu secretariado

Compartilhe esta notícia:

Anúncio dos nomes foi feito no Palácio Piratini. (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

O governador José Ivo Sartori anunciou, na manhã desta quinta-feira (27), no Palácio Piratini, os nomes dos novos secretários estaduais. As mudanças envolvem as Casas Militar e Civil e as secretarias de Minas e Energia; Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia; Segurança Pública; Educação; Obras, Saneamento e Habitação; e Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos.

Os atos de posse dos novos secretários serão marcados nos próximos dias. O coronel Everton Oltramari deixa a chefia da Casa Militar para ocupar o cargo de secretário-adjunto da Segurança Pública. Em seu lugar, assume o coronel Alexandre Martins, que já ocupava o cargo de adjunto da Casa Militar. Artur Lemos Júnior foi confirmado como titular da Secretaria de Minas e Energia.

Fábio Branco e Márcio Biolchi trocam de secretarias. Branco assume a chefia da Casa Civil e Biolchi vai para a Sdect (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia). Como adjunto da Sdect, assume Evandro Fontana. O cargo de secretário da Educação será ocupado por Ronald Krummenauer. A Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação terá como titular Fabiano Pereira. Maria Helena Sartori será secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos. Iara Wortmann continua como adjunta e diretora-geral da Secretaria da Educação.

“É um ato de reafirmação de uma caminhada. Desde primeiro dia de governo procuramos ser verdadeiros e transparentes para demonstrar claramente a nossa realidade financeira do Estado. A mudança faz parte de uma jornada”, disse Sartori durante a solenidade.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

O ex-ministro Antonio Palocci pode fazer delação “casada” com um ex-diretor da Petrobras que está preso
Um dos suspeitos mortos após o assalto milionário na transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai, perto da fronteira com o Brasil seria o chefe
Deixe seu comentário
Pode te interessar