Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Governo de São Paulo vai iniciar campanha anual de vacinação contra o coronavírus em janeiro de 2022

Compartilhe esta notícia:

A campanha anual deve ser articulada com o governo federal para que aconteça no País inteiro, afirmou o Executivo paulista

Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Jovens de até 18 anos com deficiência, comorbidade ou em privação de liberdade também são incluídos. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

O governo de São Paulo informou que iniciará uma campanha anual de vacinação contra o coronavírus a partir do dia 17 de janeiro de 2022, assim como já acontece com o vírus H1N1, da gripe.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (19) pelo secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, durante a entrega de mais um lote da vacina CoronaVac pelo Instituto Butantan ao PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde.

O secretário explicou que não há um estudo que comprove a necessidade de uma terceira dose das vacinas contra o coronavírus, que seria um reforço. “O Estado de São Paulo, seguramente, vai iniciar essa campanha, uma nova fase de vacinação para Covid, a partir do dia 17 de janeiro do próximo ano”, afirmou Gorinchteyn, acrescentando que, nessa data, o início da vacinação no Brasil completará um ano.

Gorinchteyn não informou se o anúncio está alinhado ao calendário do Ministério da Saúde, mas disse que o ciclo anual deve ser articulado com o governo federal para que aconteça no País inteiro.

Em nota, o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) disse que “é importante que haja uma coordenação nacional do Programa Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 e que esta seja baseada em consensos obtidos juntamente à comunidade científica”.

De acordo com o conselho, o objetivo agora é garantir as doses necessárias para completar a vacinação da população acima de 18 anos com a primeira e segunda doses com a maior brevidade possível.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Desmatamento na Amazônia cresce 51% nos últimos 11 meses, aponta instituto
Excesso de peso teria causado desabamento de deck que matou jovem em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar