Sábado, 11 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Rain

Economia Governo pretende elevar a tributação sobre os mais ricos sem fazê-los deixar o País, diz assessora do Ministério da Economia

Compartilhe esta notícia:

Ministério da Economia quer evitar a fuga de recursos para o exterior

Foto: Marcos Santos/USP Imagem
Resultado do ano, no entanto, é positivo. (Foto: Marcos Santos/USP Imagem)

A assessora especial do Ministério da Economia e secretária-executiva do grupo de reforma tributária da pasta, Vanessa Canado, afirmou nesta terça-feira (17) que o governo pretende elevar a tributação sobre os mais ricos. Segundo ela, no entanto, as medidas devem ser estudadas de forma a não haver uma fuga de recursos para fora do País.

“A gente quer tributar os mais ricos, mas a gente não quer impor uma tributação que leve os mais ricos ou o dinheiro para fora do Brasil. Porque aí que a gente não vai conseguir tributar mesmo”, disse ela em discurso durante um evento sobre reforma tributária.

Vanessa afirmou que, por isso, é preciso ter cuidado ao decidir as medidas direcionadas à tributação de renda e patrimônio. “Com o mercado financeiro extremamente globalizado, toda a renda e riqueza é muito móvel. Os detalhes [das medidas] fazem diferença”, completou.

Uma ideia apresentada por ela é um ajuste para a cobrança do imposto sobre heranças que estão no exterior. Segundo Vanessa, essa mudança ocorreria no ITCMD (Imposto Sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação).

A assessora também defendeu mudanças no Imposto de Renda. Hoje, faixas salariais acima de R$ 4.664,68 ao mês pagam 27,5% de Imposto de Renda. O governo discute a criação de cobranças maiores para quem tem salários mais altos no Brasil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Inflação para o consumidor aumenta em Porto Alegre
Imposto sobre compra em dólar anunciado na Argentina pode afetar o turismo no Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar