Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

Política Governo suspende edital na área da cultura anunciado em vídeo associado ao nazismo

Alvim (foto) foi demitido após usar trechos de um discurso de Joseph Goebbles

Foto: Reprodução
Alvim (foto) fez uso de trechos de um discurso de Joseph Goebbles. (Foto: Reprodução de vídeo)

O edital de R$ 20 milhões proposto por Roberto Alvim antes de ele ser demitido do comando da Secretaria Especial da Cultura está, por ora, suspenso por ordem do governo federal.

Alvim foi demitido por ter copiado frases de Joseph Goebbels, ministro de Hitler na Alemanha nazista, em um vídeo no qual anunciava esse programa, que subsidiaria óperas, peças, exposições e produções literárias e de quadrinhos.

A suspensão foi confirmada pela assessoria de imprensa da secretaria. O órgão informou “que o edital do Prêmio Nacional das Artes não chegou a ser publicado no Diário Oficial da União” e que “caberá ao novo secretário reavaliar a continuidade do Prêmio”.

Nesta semana, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal, encaminhou à Procuradoria-Geral da República recomendação para anulação de todos os atos de Alvim.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

O vice-presidente Hamilton Mourão diz que o Conselho da Amazônia atrairá investimentos estrangeiros para o Brasil
Brasil cai uma posição no ranking mundial de percepção da corrupção
Deixe seu comentário
Pode te interessar