Domingo, 16 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fog

Ciência Helicóptero da Nasa faz o primeiro voo em Marte

Compartilhe esta notícia:

Imagem de câmera a bordo do helicóptero da Nasa mostra o Ingenuity flutuando sobre o Planeta Vermelho. (Foto: Reprodução)

O mini-helicóptero Ingenuity, da Nasa (a agência espacial norte-americana), realizou, nesta segunda-feira (19), seu primeiro voo em Marte. Foi o primeiro voo motorizado e controlado em outro planeta, que ajudará a agência espacial americana a coletar dados sobre as condições no Planeta Vermelho.

O Ingenuity subiu aos céus de Marte às 11h50min (horário de Lisboa). A manobra era esperada com grande expectativa pelos controladores da missão, devido à fina atmosfera marciana.

Os primeiros dados recebidos informavam que tudo ocorreu como previsto e pouco depois chegou a confirmação de que o teste foi executado com perfeição.

As imagens transmitidas pela Nasa mostram a equipe comemorando, depois de ter recebido as primeiras informações e um pequeno vídeo, registrado pelo rover Preserverance, revelando o pequeno voo do Ingenuity. “O Ingenuity relata ter realizado aceleração, decolagem, voo, flutuação, descida, pouso, aterrissagem”, foi o anúncio ouvido no Centro de Controle de Missão da Nasa.

De acordo com a equipe da Nasa, o helicóptero fez um curto voo vertical e subiu a uma velocidade de 28 metros. Imagens da câmera de navegação a bordo do helicóptero da Nasa mostraram a sombra do Ingenuity flutuando sobre o Planeta Vermelho. Logo depois, imagens feitas pelo Perseverance também mostraram o Ingenuity voando.

“Agora podemos dizer que os seres humanos voaram em uma nave roteada em outro planeta”, anunciou a gerente do projeto do Ingenuity, a engenheira MiMi Aung.

A primeira viagem do Ingenuity foi inicialmente marcada para o dia 12, mas teve que ser adiada após o surgimento de um potencial problema durante um teste de alta velocidade dos rotores.

A operação era altamente arriscada: o voo é um desafio porque o ar em Marte é muito rarefeito, com menos de 1% da pressão da atmosfera da Terra.

O Ingenuity é um mini-helicóptero ou drone com pouco mais de meio metro de altura e com um peso de 1.800 gramas.

Composto com duas hélices de 1,2 metro, feitas de uma fibra de carbono ultra leve e com um corpo cúbico, o drone espacial tem uma fonte de alimentação composto por um painel solar que carrega três pequenas baterias de Lítio.

Desde que aterrissou no solo marciano, o Ingenuity passou por várias fases, desde a resistência às baixas temperaturas, às poeiras marcianas e a uma atualização do software.

Agora, depois desse teste bem-sucedido, os operadores da missão já estão de olho no próximo objetivo, um curto voo do drone da Nasa, que tentará fazer um pequeno trajeto oval, em um deslocamento horizontal de 30 metros, a partir do local onde se encontra atualmente. As informações são do portal de notícias G1 e da RTP.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Ciência

Voo de helicóptero da Nasa em Marte pode acontecer já nesta segunda
Corrida espacial: Rússia planeja lançar primeiro módulo de sua própria estação até 2025
Deixe seu comentário
Pode te interessar