Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
15°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Notícias Hospital Mãe de Deus voltará a funcionar em junho

Compartilhe esta notícia:

Enchente resultou em acessos bloqueados e 278 pacientes transferidos para outros hospitais. (Foto: Reprodução)

O retorno do atendimento Hospital Mãe de Deus a pacientes está previsto para a primeira semana de junho, de acordo com projeções da direção da instituição. Os danos causados pela inundação do Guaíba estão sendo avaliados, com estimativas apontando prejuízos de pelo menos R$ 30 milhões.

A enchente começou a afetar o centro de saúde a partir do dia 3, resultando no bloqueio dos acessos pela água e na transferência de 278 pacientes para outros hospitais. O subsolo, que é acessado pela Rua José de Alencar, no bairro Menino Deus, foi a área mais atingida.

João Baptista, diretor-executivo corporativo da Associação Educadora São Carlos (AESC), mantenedora da instituição, explica que estão em andamento os trabalhos de sucção da água, remoção da lama e posterior hidrojateamento para limpar toda a área afetada, seguindo protocolos de limpeza e desinfecção estabelecidos pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O subsolo abrigava estruturas cruciais para os serviços, como pronto-atendimento em traumatologia, ambulatório de curativos, laboratório e espaços para alimentação e farmácia. Equipamentos como raio-X, macas e mesas cirúrgicas ficaram submersos, e a infraestrutura elétrica e sistemas de bombeamento de água foram danificados.

A instituição espera investir na recuperação da infraestrutura após avaliação por equipes especializadas. Com uma capacidade de atendimento de 1,5 mil pacientes por dia e comportando cerca de 300 pacientes, o hospital planeja retomar suas operações gradualmente ao longo do próximo mês.

A paralisação do Hospital Mãe de Deus impacta negativamente os serviços de saúde da cidade, sobrecarregando outros hospitais. Além disso, a instituição é um importante gerador de recursos para a AESC, que também administra dois outros hospitais que atendem pelo SUS.

Enquanto isso, o atendimento emergencial traumatológico está sendo redirecionado para a Unidade Carlos Gomes, que opera em horário estendido, e pacientes oncológicos estão sendo atendidos em outras unidades da rede.

O bairro Menino Deus, onde fica o Mãe de Deus, foi muito afetado pela cheia do Guaíba. Em alguns dias, a circulação pela região ocorria somenta através de barcos. Os moradores também tiveram que sair de suas casas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

No RS, viagens de quatro horas agora mais que dobram de tempo
Operação de bombas de sucção para drenagem no bairro Sarandi deve ocorrer neste domingo
https://www.osul.com.br/hospital-mae-de-deus-voltara-a-funcionar-em-junho/ Hospital Mãe de Deus voltará a funcionar em junho 2024-05-18
Deixe seu comentário
Pode te interessar