Quinta-feira, 09 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Mostly Cloudy

CAD1 Indústria chinesa está liberada para concluir unidade que deve gerar 80 empregos na Zona Norte de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Empresa atua no ramo de produtos sintéticos. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, entregou na manhã dessa terça-feira os projetos aprovados para a modernização das instalações da indústria Suntex, no bairro São João (Zona Norte). Com isso, a empresa está oficialmente liberada para concluir as obras de adequação e ampliação de seu parque fabril no local.

A expectativa é de que 80 novos empregos sejam gerados a partir do ano que vem, quando as novas instalações estiverem operando “a todo vapor”. Hoje, a empresa conta com 50 funcionários brasileiros e outros 17 vindos da China, responsáveis pelo treinamento da equipe.

Segundo a administração municipal, o investimento deve chegar a quase R$ 30 milhões na primeira fase e envolve a aquisição de novos equipamentos e a remodelação de processos de uma linha de produção, especializada em laminados de poliuretano – utilizados principalmente no desenvolvimento de calçados e itens de moda.

“Buscamos agilizar os licenciamentos, desde que todos os critérios sejam atendidos”, destacou Marchezan. Com a informação de que a implantação dessa unidade fabril está fazendo com que outros empreendedores chineses acompanhem o processo e demonstrem interesse pela cidade, ele frisou que há o maior interesse em receber novos investimentos.

O projeto aprovado pelo Escritório de Licenciamento da prefeitura autoriza a Suntex a ampliar em 31% a área útil de suas instalações – que originalmente eram de 11,6 mil metros quadrados. O terreno ocupado pela empresa, de cerca de 40 mil metros quadrados, fica na zona de influência do 4º Distrito de Porto Alegre, que vem se notabilizando como destino de investimentos com caráter inovador na Capital.

Atualmente, de acordo com uma estimativa da Sala do Empreendedor, ligada à SMDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), o 4º Distrito concentra mais de 8 mil atividades empresariais de diversos tipos. A lista abrange desde microcervejarias a grandes indústrias.

“Escolhemos o Sul do País por ser um polo calçadista focado em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia”, explicou o executivo Alex Yan, da Suntex Brasil. “Já Porto Alegre foi escolhida por questões logísticas.” Ele está há 25 anos no Brasil, tendo morado no Rio de Janeiro antes da capital gaúcha. “Esse projeto, já em estudo há alguns anos, teve o martelo batido em 2018.”

Yan menciona o fato de que os laminados de poliuretano têm hoje a maior produção global na China, em uma faixa entre 70% a 75%. A partir de Porto Alegre, a Suntex já comercializa o material para todo o Brasil e, futuramente, pretende ampliar as vendas para outros mercados da América do Sul.

Controlada por acionistas chineses, a Suntex Brasil foi criada em dezembro de 2016. Desde então, vem se consolidando como fornecedora de laminados de poliuretano para as mais diversas aplicações – desde moda e vestuário até acessórios, móveis e veículos. Os laminados multiplicam as opções de criação na indústria e servem também como substitutos de menor impacto ambiental para tecidos tradicionais e o couro.

“É uma atividade de alta intensidade tecnológica, ainda muito ligada à tradição que o Rio Grande do Sul tem na indústria calçadista, mas com uma proposta de negócios diversificada. O investimento abre caminho para a Suntex ampliar sua capacidade de atendimento em todo o país, inserindo nossa cidade em uma cadeia produtiva global”, explica o titular da SMDE, Eduardo Cidade.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de CAD1

Imigrantes se cadastrarão como MEI com regras simplificadas
Prefeitura de Fortaleza diz que prédio foi construído de maneira irregular
Deixe seu comentário
Pode te interessar