Terça-feira, 14 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Celebridades Ingrid Guimarães confessa dificuldade no homeschooling: “O dia que ela voltar às aulas, vou dar uma festa”

Compartilhe esta notícia:

Depois do perrengue inicial, Ingrid admite que está mais adaptada à rotina de estudo com a filha

Foto: Divulgação
Depois do perrengue inicial, Ingrid admite que está mais adaptada à rotina de estudo com a filha. (Foto: Divulgação)

Ingrid Guimarães tem vivido o lado bom e o ruim do isolamento social. Para a atriz, de 47 anos, o bom é estar 24 horas ao lado da filha, Clara, de 10 anos, e do marido, o artista plástico Renê Machado, de 50.

Já o ruim é encarar o ensino em casa, também chamado de homeschooling, que começou a ser adotado pelas escolas depois do fechamento das instituições por causa do coronavírus.

“Sou muito grata porque posso oferecer o ensino à Clara, já que a maior parte da população nem tem Wi-Fi. Mas salvem os professores e as mães. É chato, temos que fazer um trabalho que não sabemos. Para ela entender que não era férias foi um perrengue. O dia que ela voltar às aulas, vou dar uma festa. Gratidão aos professores”, conta, aos risos.

Atualmente, a atriz pode ser vista na reprise de “Novo Mundo”, no horário das seis da TV Globo, e à frente de seu programa “Além da Conta # Confinados”, no GNT.

Depois do perrengue inicial, Ingrid admite que está mais adaptada à rotina de estudo com a filha. “Agora o homeschooling está funcionando. Mas nos primeiros meses pirei. Uma hora me tranquei no banheiro e falei para o pai: ‘vai você!’. Ela criou uma autonomia e está fazendo tudo sozinha”, explica a atriz, que tem adorado ficar coladinha com a menina.

“Estou grudada nela e criando ainda mais intimidade. Ela até estranhou quando gravei duas semanas, sentiu falta de mim. Para quem pode ficar em casa, quem tem esse luxo, é uma das melhores coisas”, diz.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Marcelo Serrado fala da origem de Crô: “Cearense como minha mãe”
Marina Ruy Barbosa faz apelo a autoridades e afirma: “Não carrego essa dor”
Deixe seu comentário
Pode te interessar