Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Instalada Frente Parlamentar em apoio à criação de Hospital Regional Federal para atender três regiões

Compartilhe esta notícia:

Deputado Elizandro Sabino vai presidir a Frente Parlamentar.

Foto: Joel Vargas
Deputado Elizandro Sabino vai presidir a Frente Parlamentar. (Foto: Joel Vargas/Assembleia Legislativa do RS)

Na tarde desta quarta-feira (13), a Assembleia Legislativa instalou a Frente Parlamentar de apoio à criação do Hospital Regional Federal Vale do Sinos, Paranhana e Serra. A solenidade foi realizada de forma híbrida no Teatro Dante Barone.

O deputado Elizandro Sabino (PTB), proponente da Frente Parlamentar, explicou que o objetivo é reunir esforços de diferentes esferas em busca de recursos para a construção e custeio do hospital, que deve atender mais de um milhão de pessoas nas três regiões. Destacou que a proposta dos municípios é que a instituição atenda os casos de média e alta complexidade e que seja um hospital escola mantido pelo governo federal. Outro objetivo da Frente Parlamentar, segundo Sabino, é discutir e realizar estudos para fazer um diagnóstico dos problemas da área da saúde enfrentados naquelas regiões.

O presidente da Casa, deputado Gabriel Souza (MDB), lembrou que o tema da criação de novos hospitais no RS ganhou mais importância em função da pandemia do coronavírus. Citou que a pós-pandemia e os impactos que a doença vem causando são temas de seminários e pesquisas que a ALRS está promovendo, especialmente em relação à saúde, que registra demanda de atendimentos represado. Ele defendeu o reforço da rede hospitalar no RS e no país para atender essa demanda, apoiando a ideia da construção do hospital regional federal. Salientou, porém, que, neste momento, seria necessário que o Estado criasse um programa de mutirão de cirurgias e tratamentos terapêuticos, usando inclusive recursos das privatizações para custear essa ação. Por fim, parabenizou as Câmaras de Vereadores, prefeituras e Sabino por trazer esse tema ao Parlamento gaúcho.

O presidente da Câmara de Vereadores de Sapiranga e presidente da Comissão em referência ao Hospital Regional Federal, Leandro Batista da Costa, lamentou que pacientes precisem aguardar dois ou três anos por uma consulta ou cirurgia e que a construção de um novo hospital para atender as três regiões vai acabar com os deslocamentos de pacientes para Porto Alegre ou Canoas, onde ocorrem os atendimentos de média e alta complexidade. O vereador disse que a ideia é criar um hospital nos moldes do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e que também sirva de hospital escola, podendo receber recursos dos ministérios da Educação e da Saúde.

Também se manifestaram a prefeita de Sapiranga, Carina Patrícia Nath Corrêa, o prefeito de Campo Bom e presidente da Associação de Municípios do Vale do Sinos, Luciano Orsi, e o vice-prefeito de Parobé, Alex Luís de Souza. Eles relataram as dificuldades dos municípios em relação a recursos para investir em saúde e que o desafio da mobilização é sensibilizar os governos estadual e federal e também os deputados federais e senadores para concretizar o projeto.

Ainda participaram o deputado Issur Koch (PP), que será o vice-presidente da Frente Parlamentar, vereadores, prefeitos e vice-prefeitos das regiões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

ONGs que acolhem crianças e adolescentes ganham campanha nacional
Com piora em indicadores, região de Capão da Canoa recebe terceiro aviso consecutivo no sistema estadual de monitoramento da pandemia
Deixe seu comentário
Pode te interessar