Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Mostly Cloudy / Wind

Mundo Itália usará base militar como centro de distribuição de vacinas

Compartilhe esta notícia:

A ideia é vacinar toda a população - de pouco mais de 60,4 milhões de habitantes, até o segundo semestre de 2021.

Foto: Divulgação/Josué Damacena/IOC/ Fiocruz
Os primeiros lotes com os insumos para a produção das doses também devem chegar ao país neste mês. (Foto: Divulgação/ Josué Damacena/IOC/ Fiocruz)

A Itália usará a base militar de Pratica di Mare, que fica localizada próxima à capital Roma, como seu centro nacional de distribuição das vacinas contra o coronavírus, informaram neste sábado (5) os Ministérios da Saúde e da Defesa e o comissário extraordinário para a emergência sanitária, Domenico Arcuri.

O hub intermodal militar tem amplas dimensões e é considerado o melhor ponto para o armazenamento e a distribuição dos imunizantes por ser capaz de receber pousos de helicópteros e aviões de diversos portes, além de ser uma rota para veículos pesados via estrada.

Dali, as imunizações serão distribuídas, a cargo das Forças Armadas, para todos os centenas de pontos de vacinação no território italiano.

Segundo previsão do presidente do CSS (Conselho Superior de Saúde), Franco Locatelli, uma das principais autoridades sanitárias italianas, a ideia é vacinar toda a população – de pouco mais de 60,4 milhões de habitantes, até o segundo semestre de 2021.

Por meio da União Europeia, a Itália terá acesso a cerca de 202,5 milhões de doses de vacinas de seis diferentes laboratórios: AstraZeneca (que produz o imunizante da Universidade de Oxford), Pfizer/BioNTech, Curevac, Johnson & Johnson, Moderna e Sanofi/GSK.

A quantidade é capaz de vacinar mais do que o dobro da população.

Segundo determinou o governo, a imunização será gratuita e voluntária e deve iniciar já em janeiro de 2021.

A Itália é um dos países mais afetados pela pandemia e, atualmente, enfrenta uma forte segunda onda da doença. Desde o fim de fevereiro, a nação registra 1.688.939 infecções confirmadas de Covid-19, com 757.702 casos ativos no momento, e 58.852 mortes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Guarda Municipal detém pichadores no Largo dos Açorianos, em Porto Alegre
Prefeitos do Vale do Rio Pardo decidem não entrar com recurso contra bandeira vermelha na região
Deixe seu comentário
Pode te interessar