Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Mostly Cloudy

Brasil Jair Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores quando fez uma expressão de dor. Ele foi retirado do local por seguranças

Compartilhe esta notícia:

O candidato participava de um evento em Juiz de Fora quando foi atacado. (Foto: Reprodução)

Após sofrer um ataque a faca durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais, o deputado federal Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência, passou por uma cirurgia nesta quinta-feira (6), na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, com “uma lesão por material perfurocortante na região do abdômen”, segundo informações de sua assessoria. O candidato precisou também de uma transfusão de sangue. E vai continuar no hospital sem previsão de alta

O ataque

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi retirado por seguranças do local onde fazia campanha, em Juiz de Fora, após ser atingido por uma facada. Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores quando fez uma expressão de dor e foi retirado do local em um carro da PF (Polícia Federal)

Segundo um major da Polícia Militar de Minas, o candidato foi alvo de uma facada. Uma fonte ligada ao candidato disse que o ferimento é superficial, e que Bolsonaro estava sendo atendido na Santa Casa de Juiz de Fora.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que o candidato à Presidência é socorrido: Eduardo Bolsonaro, filho do candidato, postou no Twitter sobre o que aconteceu e pediu orações.

De acordo com outro filho de Bolsonaro, o deputado estadual Flavio Bolsonaro, o ferimento foi superficial e o candidato passa bem. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que o pai levou seis pontos. A TV Globo apurou, no entanto, que havia uma suspeita de lesão no fígado, já descartada, e na alça intestinal, já reparada pelos médicos.

Suspeito

A PF prendeu o suspeito de ter esfaqueado o candidato Bolsonaro. Segundo a assessoria de Bolsonaro, o nome do agressor é Adelio Bispo de Oliveira. A PF vai instaurar investigação para apurar a agressão sofrida pelo candidato.

A PF é responsável pela segurança de Bolsonaro e acompanha o candidato em todas suas agendas. Questionada, o órgão disse que retirou o candidato do local.

Nota da PF

“A Polícia Federal informa que o candidato à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público na cidade de Juiz de Fora/MG.

O agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato.”

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

O que esperar do novo iPhone que será anunciado na quarta-feira
Cirurgia conteve uma hemorragia interna em Bolsonaro
Deixe seu comentário
Pode te interessar