Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Notícias Lenda do Negrinho do Pastoreio, uma tradição gauchesca

Compartilhe esta notícia:

O negrinho do pastoreio
(Foto: Divulgação)

No tempo dos escravos havia um negrinho encarregado do pastoreio de animais. Certa feita, ele perdeu um animal e o patrão lhe deu uma surra, depois o mandou procurar o animal. Ele saiu na noite com um toquinho de vela e retornou sem o animal. O estancieiro deu-lhe outra sova, depois o jogou em um formigueiro. Passado três dias, o patrão foi vê-lo e para sua surpresa viu o negrinho vivo e contente ao lado do animal perdido. A partir deste momento, o Negrinho do Pastoreio ficou sendo o “achador das coisas extraviadas”. Para você encontrar algo, basta acender um toquinho de vela para ele. A lenda do Negrinho do Pastoreio é obra do escritor pelotense João Simões Lopes Neto e muito popular na região sul.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Acampamento Farroupilha
Semana Farroupilha, momento de cultuar a tradição
O charque, uma tradição do Rio Grande
Deixe seu comentário
Pode te interessar